NETFUT
Notícias de futebol

Ha uma semana da reapresentação e Atlético Mineiro tem 3 “Não” na conta

Quando Cuca pediu o boné mês passado, o Atlético Mineiro até sabia que não seria fácil achar outro técnico a altura, mas sem dúvida ninguém ali pensou que seria difícil da forma que vem sendo difícil.

O time tem percorrido a Europa atrás de um novo nome, e sempre que a negociação começa aí a torcida se empolga, vem um banho de água fria em cima, e isso tem causado um incômodo a todos os envolvidos.

Com a apresentação da equipe tão perto, as opções parecem estar acabando. Por isso vamos ver aqui como anda a situação de cada técnico que o Galo ficou de olho até o momento.

Jorge Jesus

A situação com Jesus parece estar resolvida, e pelo lado negativo. O treinador não parece nada afim de voltar para o futebol brasileiro, e isso ficou claro quando o treinador enrolou o Flamengo, da mesma forma que tem tentado enrolar o Galo.

Acontece que o treinador quer seguir na Europa e espera esperançoso que algum time grande, ou médio no mínimo, o convide para trabalhar. É claro que ele provavelmente ainda olha para o Brasil como um plano B, porém o treinador é um homem orgulhoso, e tem sérias dificuldades em admitir para si mesmo que está sem mercado lá fora, e que o melhor a se fazer é voltar para o Brasil.

O Atlético Mineiro, no entanto, se cansou de esperar, e deu a negociação com o Mister como encerrada.

Carlos Carvalhal

Carvalhal foi o nome escolhido assim que as coisas deram errado com Jesus. Também treinador português, também treinador de um time português, o Braga poderia dificultar muito as coisas para a saída do treinador, mas isso não tem sido verdade.

Acontece que existia uma multa bem alta pela saída do treinador, o qual o Braga decidiu abaixar muito para que a negociação pudesse acontecer. Com isso tudo parecia encaminhado, e parecia que de fato o treinador iria deixar o Braga para vir ao Brasil.

Porém, foi aí que um empecilho surgiu: a comissão técnica. O Galo gosta da ideia de uma comissão permanente, e disse não para toda a comissão técnica de Carlos, querendo apenas o treinador, o que o fez recuar, já que ele só vem com a comissão. E com esse entrave, parece que o nome do português vai ser descartado também.

Eduardo Berizzo

A terceira carta na manga que o Galo tinha acabou sendo de longe a mais desastrosa. Enquanto Jesus ainda mostra sinais de que de fato queria vir, e Carvalhal defende o interesse de seus companheiros de trabalho, Berizzo simplesmente não quer ser treinador de clubes brasileiros mesmo.

O treinador com certa experiência na Europa, e ex-treinador da seleção paraguaia entende que vir para o Brasil Agora seria um passo para trás em sua carreira, e prefere esperar uma outra proposta vinda do velho continente.

Com isso, o Galo está atualmente sem nomes na mídia de qual treinador quer para essa temporada.