NETFUT
Notícias de futebol

Depois de dívida por Michael vir a tona, Goiás negocia pagar dívida com o Goianésia

O Flamengo está em negociação para vender Michael. E como nada no Brasil é simples, a negociação encontrou um problema gigantesco para poder seguir em frente, que acabou complicando um terceiro envolvido.

Acontece que o time saudita que está interessado em Michael ofereceu uma quantia em dinheiro para poder ter 100% dos direitos econômicos do jogador. O Flamengo não detém 100%, já que uma parte é do próprio jogador, e 5% são do Goiás.

E esses 5% estão dando o que falar nesta negociação. Primeiro porque o Flamengo não quer dividir o dinheiro, e quer ficar com todo o dinheiro sem repassar o referente a essa porcentagem ao Goiás, que não quer ceder a venda se não receber o dinheiro correspondente.

Imbróglio geral

Como se isso por si só já não fosse problema o suficiente, temos outro time que entrou na jogada, e esse time é o humilde Goianésia. Acontece que antes de jogar no Goiás, Michael era jogador do Goianésia, e os 5% que o Goiás tem hoje foram comprados desse time.

Comprados porém nunca pagos, e o time deve 719 mil reais, e o time demorou tanto pra pagar que o Goianésia conseguiu uma liminar na justiça desportiva, que fez com que o Goiás levasse o já conhecido pelos brasileiros Transfer ban, onde o time é proibido de registrar novos jogadores até que a dívida em questão seja paga.

Para tentar sair dessa situação e não sofrer com o Ban, o Goiás já entrou com o pedido de um acordo para poder quitar a dívida. O acordo é pagar 30% do valor da dívida à vista, o que daria cerca de 215 mil reais, e o resto da dívida seria pago de forma parcelada, em 6 vezes de 84 mil reais.

O Goianésia tem até dia 24 para responder se aceita o acordo.