NETFUT
Notícias de futebol

4 Jogadores Europeus que saíram de seus clubes e foram direto para rivais

Nós torcedores somos seres passionais. Nós amamos nossos clubes incondicionalmente, de uma forma que é até difícil de se explicar na maioria das vezes. Nós amamos tanto nossos clubes que não queremos que os jogadores também os amem, e nós mentimos para nós mesmos com a ilusão de que se um jogador defendeu o clube, ele torce para o meu clube.

Isso está longe de ser verdade, e às vezes o jogador do seu clube pode lá no fundo torcer para um rival, e às vezes o coração vai bater forte, e ele pode até ir para esse rival. Por isso, hoje vamos listar aqui 5 jogadores europeus que saíram de seus clubes e foram direto para os rivais.

Luis Henrique

Começando então com um nome que você pode até não se lembrar, mas deixou o Real Madrid para ir para o Barcelona. Hoje os mais jovens devem conhecer Luis Henrique apenas como o treinador da seleção espanhola que teve uma passagem vitoriosa pelo Barcelona.

Porém ele já foi um grande jogador, e passou anos no Real Madrid, e assim que seu contrato não foi renovado pelo Real, o jogador foi direto para o Barcelona, onde jogou até a sua aposentadoria. O jogador sempre alegou que a torcida do Real Madrid nunca deu o valor que ele merecia.

Higuaín

Hoje Higuaín é um atacante que gera muita antipatia em alguns torcedores, principalmente os da seleção argentina. Porém teve uma época em que o jogador foi o jogador que mais fez gols em uma única edição do Campeonato Italiano quando defendia o Napoli, time que lutava pelo título com a toda poderosa Juventus.

Acontece que a Juventus foi lá e pagou a multa rescisória do jogador, levando ele para casa, e causando a fúria do Napoli, que viu sua principal arma contra a Juventus se tornar a arma da Juventus.

Pirlo

Nosso querido Pirlo, hoje treinador, foi alguém que já usava terno em campo como jogador. Porém, nem sempre foi assim. O jogador teve uma passagem pela Inter de Milão antes da sua fama, onde era só um jogador mediano, que rodou por empréstimos sem funcionar. Até que o Milan trouxe o jogador de lá, e transformou ele no mesmo que todos conhecemos hoje, gerando algum arrependimento na Inter.

Pirlo de novo

Porém o Milan também viveria para se arrepender, já que depois de mais de 10 anos de serviços prestados, o Milan considerou que o jogador estava velho demais e o deixou sair do clube, e ele foi para a Juventus, onde se tornou um sinônimo de jogar com classe ajudando o time a criar uma hegemonia incrível na liga italiana.

Luís Figo

E claro, não podemos encerrar a lista sem falar da virada de casaca mais icônica do futebol mundial. Luís Figo jogou 248 jogos pelo Barcelona, se tornou um ídolo, e aí conseguiu causar a fúria dos torcedores catalães após ser vendido para o Real Madrid na venda mais cara da história, e não só ser vendido como se tornando uma das maiores estrelas da história do clube merengue.