NETFUT
Notícias de futebol

“Eu não estava feliz”, diz Willian em entrevista dada ao lendário zagueiro Rio Ferdinand

O mundo dos podcasts está a todo vapor, e é um fenômeno que pegou o mundo todo. É claro que podcasts esportivos já existiam bem antes disso virar febre mundial, mas com a febre mundial dos podcasts nós temos a chance de ver algumas pérolas bem interessantes.

Uma delas é ver uma das maiores lendas da história da Inglaterra e do Manchester United como um podcaster. Acontece que o zagueiro Rio Ferdinand tem um programa próprio, onde ele e mais dois apresentadores entrevistam alguns nomes do mundo do futebol, e o convidado dessa vez foi o atacante Willian do Corinthians.

Por lá, o atacante respondeu algumas questões muito interessantes de sua passagem pelo Arsenal, uma vez que essa foi uma das coisas mais perguntadas no programa, a qual o jogador acabou sendo respeitoso porém, muito sincero com tudo o que aconteceu.

Felicidade de um lado e provocação involuntária às torcidas do outro

Primeiramente, o jogador admitiu que trocou o Chelsea pelo Arsenal, uma troca considerada estranha na época, pela vontade de sua família de seguir na Inglaterra. A troca obviamente não foi bem vista pelos torcedores de nenhum dos dois times, já que os dois times são rivais de bairro, ambos de Londres, de um lado o Chelsea ficou irritado pelo torcedor sair para um rival, e do outro lado os torcedores do Arsenal ficaram irritados pelo jogador vir diretamente para um rival.

O jogador comentou que chegou ao Arsenal motivado, feliz com o projeto que lhe fora apresentado, porém bastaram apenas 3 meses para que o jogador percebesse que algo estava errado.

– Eu não estava feliz, por isso eu não fui bem. Não quero entrar nos detalhes, mas eu não estava feliz. Eu cheguei, estava motivado, queria ir bem, novo clube, novos companheiros, novo projeto. Mas depois de três meses eu falei ao meu agente: “Por favor, quero ir embora” .

Conflitos internos não revelados e a decisão mais difícil

Willian afirmou na entrevista que seu tempo no Arsenal acaba sendo o período mais difícil da sua carreira onde o jogador não jogava bem, não sentia que o Arsenal estava o ajudando, e ainda tinha a pressão da torcida que era muito grande naquela época.

O jogador acabou vindo para o Corinthians, e disse que para que isso pudesse acontecer, ele teve que abrir mão de muito dinheiro, não só através de seu contrato, afinal, o jogador tinha mais anos de contrato com o time londrino, e no cordão de rescisão, Willian acabou não levando nada em sua saída, mas também pode ter recebido algumas propostas.

Quando o coração fala mais alto e você ouve

O jogador teve proposta vinda da Ucrânia, mas também teve uma proposta lucrativa e definitivamente tentadora do Milan, porém quando essa proposta surgiu, o jogador já estava tentado voltar para seu time de coração, e mesmo a proposta salarial sendo bem maior que a do Corinthians, o jogador optou por não ir para a Itália.

Vale lembrar que no Corinthians, Willian abriu mão de receber luvas, afinal, seria inviável para o financeiro do Timão pagar um valor justo em luvas para o atacante.