NETFUT
Notícias de futebol

Volta pela Copa do Brasil entre Flamengo e Grêmio deve acontecer em Brasília

Embora ainda esteja um pouco longe, a partida de volta entre Flamengo e Grêmio válida pela Copa do Brasil já virou assunto na mídia. Isso porque ela deve ser realizada em Brasília por pedido do time mandante, o Flamengo.

Leia: João Gomes está na mira dos árabes, mas Flamengo exige pagamento a vista

O time carioca quer que o jogo seja disputado no estádio Mané Garrincha. Muito provavelmente pela questão da torcida. O atual prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, até pensa em permitir que o estádio do Maracanã receba torcida para esse jogo que acontecerá no dia 15 de setembro, no entanto o Flamengo entende que é mais garantido realizar o jogo na capital federal. Apesar disso, o pedido ainda não foi oficializado pelo Fla.

A ideia é poder atrair torcedores para preencher os 30% de capacidade permitidas no estádio Mané Garrincha, o que deve dar por volta de 20 mil pessoas, algo que já foi permitido pelo STJD.

A diretoria rubro negra acredita que mesmo em Brasília o time tem toda capacidade de lotar a capacidade permitida, principalmente pelo fato de o jogo poder ser menos sofrido, uma vez que o Flamengo fez 4 no Grêmio no jogo de ida em Porto Alegre, e sendo assim pode perder por até 3 gols de diferença que ainda assim ficaria com a vaga para a semi. O Grêmio vai vir para cima e tentar a sorte, mas é inegavelmente uma dura missão.

O prefeito Eduardo Paes comentou sobre esse assunto em uma entrevista coletiva nesta quarta-feira, e nela afirmou que existia um pedido do Flamengo para que esse jogo acontecesse no Maracanã, dizendo que o assunto ainda não estava 100% resolvido.

Nela ele comentou que já recebeu os pedidos para que o Fla pudesse realizar os jogos contra o Grêmio, e afirmou que os decretos da prefeitura do Rio permitem que eventos aconteçam, desde que eles sigam algumas condições pré estabelecidas.

Ele comentou também que irá, juntamente com a secretaria da saúde, analisar o pedido do Flamengo e depois vir com uma posição final sobre o assunto. Ele reafirmou que os estádios possuem atualmente a liberação de até 10% de sua capacidade para o público, mas acredita que o Flamengo deve achar pouco, mas que conversando é possível que libere mais.

O prefeito está bem certo em uma coisa: O Flamengo realmente não se agrada com apenas 10% do público no estádio. Essa proposta já foi feita e recusada no passado, quando o Flamengo teria que enfrentar o Olimpia em jogo válido pela Libertadores. Agora o time carioca não contente com os termos quer migrar o jogo para Brasília.

Vale lembrar também que o último jogo do Fla no Maraca foi no dia 8 de agosto, quando levou um chocolate da equipe do Internacional em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, com 4 a 0 no placar.

Depois ficou um tempo sem visitar o famoso estádio, já que ele estava passando por algumas reformas, mas agora já está apto a receber partidas novamente.