NETFUT
Notícias de futebol

O elenco ideal! Renato finalmente tem time completo para o jogo contra o Barcelona

O Flamengo vai entrar em campo nesta quarta-feira em jogo válido pela partida de volta da semifinal da Taça Libertadores. E ao que tudo indica pela primeira vez Renato Gaúcho vai ter em mãos o seu chamado “Flamengo ideal”.

As pessoas podem não ter notado, mas desde que chegou, Renato Gaúcho não teve em mãos o Flamengo com todas suas peças prediletas disponíveis para jogar. Acontece que o Flamengo tem sofrido com vários problemas de lesão dentro do clube, que quando não tiram um titular, tiram outro.

O Flamengo já perdeu Rodrigo Caio, Filipe Luis, Diego, Arrascaeta e Bruno Henrique ao longo dos últimos meses, mas depois desse tempo todo, todos estarão disponíveis para Renato escolher.

O mais curioso é que as pessoas podem não ter se atentado ao fato de que esses jogadores fizeram falta exatamente pela boa sequência que o Flamengo vem vivendo, com boas e sonoras vitórias.

Isso é claro, se deve ao fato do time ter reservas que poderiam ser titulares em qualquer outra equipe do Brasil. Michael e Pedro são reservas mais que suficientes para suprir a falta de nomes como Bruno Henrique e Gabigol.

Além disso, o time recebeu alguns reforços no meio dessa confusão toda, o que deixou meio confuso qual poderia ser realmente o time ideal para o Flamengo. Antes acreditava-se que com a volta de Rodrigo Caio, Gustavo Henrique era seu parceiro ideal, e que sem Gerson, Thiago Maia e Diego seriam os jogadores que lutariam pela vaga titular.

No entanto, a chegada de David Luiz e Andreas Pereira muda tudo, serão os novos nomes os mais novos integrantes do time ideal de Renato Gaúcho?

O fato é que o Flamengo nunca teve muita sorte quando o assunto era ter seus principais jogadores em campo. E esse é um problema que vem desde o começo da era vitoriosa do Flamengo, desde a época de Jorge Jesus no clube.

O Flamengo de 2019 – Um dado que pode esclarecer isso e que ao mesmo tempo pode parecer estarrecedor para quem não sabe, é que o Flamengo de 2019, aquele super Flamengo que todos lembramos que tinha Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Mari, Filipe Luis, Willian Arão, Gerson, Arrascaeta, Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol, jogou junto apenas 8 vezes durante todo a temporada.

Ao todo foram 3 partidas no Brasileirão, 3 na Libertadores e 2 no Mundial de clubes. Esse mesmo time que goleou equipes como o Grêmio e o Palmeiras só perdeu para o Liverpool no mundial de clubes da Fifa.

Alguns dizem que o motivo do time ter jogado tão pouco juntos, foi o fato de Jorge Jesus ter sua mentalidade que jogadores não precisam de descanso, o que obrigou o treinador a ficar sem alguns nomes em algumas oportunidades por conta do desgaste.

Como Renato Gaúcho já mostrou que não tem problema nenhum em poupar quando necessário, pode ser que seu time ideal tenha mais oportunidade de jogar junto.