NETFUT
Notícias de futebol

Diretor de futebol do Corinthians crava saída de jogador: “ele não joga mais aqui”.

Existem algumas coisas que no mundo do futebol, podem passar mesmo estando completamente erradas. Torcedores do Grêmio invadirem um jogo e agredirem seguranças foi errado mas passou, Otamendi deu uma cotovelada no rosto de Raphinha no ultimo Brasil e Argentina das eliminatórias foi errado mas passou. Mas se tem uma coisa que não passa, são atitudes racistas.

E infelizmente foi com isso que o Corinthians teve que lidar a algum tempo atrás, quando o zagueiro e lateral esquerdo Danilo Avelar se envolveu em um caso desses, proferindo xingamentos racistas enquanto fazia uma live jogando um jogo online.

O caso acabou ganhando muita repercussão, e ele acabou sendo afastado do Corinthians, porém ainda recebendo salário. Vale lembrar que o jogador estava e ainda está machucado, então não poderia atuar mesmo que quisesse, mas pelo caminhar da carruagem, assim que o jogador estiver apto para jogar, ele vai ser negociado de alguma maneira.

Quem deixou isso bem claro foi o diretor de futebol do Corinthians, Roberto de Andrade, que deu uma declaração muito firme sobre o assunto, deixando claro que seja como for, no Corinthians ele não segue.

– A integração do Danilo Avelar já foi discutida no Corinthians, o próprio presidente (Duílio) deu uma declaração. O Danilo Avelar não joga mais no Corinthians. Ele não joga aqui, nós vamos achar uma situação para ele, vamos vendê-lo, emprestá-lo, nós estamos só aguardando o final da transição dele do Departamento Médico para estar apto a jogar em qualquer outro lugar, mas no Corinthians ele não joga mais.

Vale deixar claro uma coisa, é claro que em qualquer clube, uma atitude racista é imperdoável, porém o caso acabou sendo um pouco mais forte dentro do clube principalmente pela identificação com as pessoas mais pobres que o Corinthians sempre teve. O alto numero de ídolos negros como Marcelinho Carioca, Zé Maria, Viola, Gil, e muitos outros, e o numero altíssimo de torcedores negros fez com que a situação se tornasse insustentável.

O Corinthians agora vai ter que pensar em como negociar o jogador. Pelo nível de futebol poderiam ter times interessados aqui no Brasil, mas não se sabe se o caso de racismo fará com que possíveis candidatos recuem, principalmente se a resposta da torcida a uma possível negociação for muito negativa, afinal, nenhum time vai se arriscar a ir contra a própria torcida em um caso como esse.

Vale lembrar que Avelar tem contrato com o Corinthians até o final do ano que vem, e o Timão acabou não conseguindo brecha na lei para rescindir seu contrato mesmo com o caso.

Outra situação inusitada é o fato do jogador ainda não ter sido pago totalmente a seu time original, o Torino da Itália, que vai cobrar o Timão na justiça pela parcela não paga do jogador, o que cria um problema ainda mais para o time alvinegro, tendo que se esforçar para pagar o jogador do qual está tentando desesperadamente se livrar


Sem opção de comentar este post