NETFUT
Notícias de futebol

Corinthians projeta aumento em receitas, mas preza por responsabilidade financeira

O Corinthians conseguiu ter completamente outra cara no começo da temporada até aqui. Um time que tinha um elenco fraco, e que muitos até projetavam uma possível luta contra o rebaixamento, conseguiu uma vaga direta na Libertadores 2022 , e muito disso se dá aos nomes que chegaram ao clube no meio para o final da temporada.

Mas para que isso acontecesse o Corinthians precisou passar por uma verdadeira transformação financeira. Foram muitos jogadores liberados de seus contratos, o que deu um grande fôlego financeiro para que outros jogadores viessem.

Deu certo, não só dentro mas fora de campo, já que esse Corinthians empolgou, e a previsão financeira para o ano que vem é bem alta, com novos e lucrativos patrocínios além de arrecadações e verba em geral.

Isso vai fazer com que o Corinthians possa gastar mais de 22 milhões por mês simplesmente com salários de toda a área de futebol do clube, um salário muito maior do que o desse ano é muito maior do que muitos clubes no Brasil.

Paulinho e Cavani (ou outro 9)

E claro, parte dessa receita toda tem destino já. O primeiro que vai vir para fortalecer o time todos já sabem, é Paulinho, que embora ainda tente manter segredo, deve ser apresentado hoje no Timão junto de nova patrocinadora. O Volante vem com o salário alto mas com a promessa de muitas glórias junto da sua equipe que hoje já é bem forte.

O outro ainda é uma incógnita. O Corinthians quer um 9, e o maior desejo é Cavani, que não é um sonho impossível, mas não deixa de ser difícil, afinal, é um jogador que ainda tem lenha para queimar na Europa, e que não se sabe se tem uma pedida salarial bancável.

Sem loucuras

Mas a frente disso tudo, a palavra “sem loucuras” é o que comanda o time nesse momento. O Corinthians sabe que pode estar começando a se livrar de um abismo financeiro do qual está a anos, e a última coisa que o clube quer é se enfiar lá dentro de novo.

Roberto de Andrade, diretor de futebol do clube, deixou isso bem clara em uma declaração dada recentemente, onde afirmou que tudo dentro do clube deve ser feito com responsabilidade.

– A nossa realidade não pode passar de um percentual da nossa receita, e a gente está prevendo para o ano que vem uma receita maior do que tivemos em 2021. Isso facilita para ter uma margem para trazer outros jogadores. Quero que o torcedor fique tranquilo, qualquer jogador que chegue no Corinthians, seja ganhando 10, 20, 100, 1 milhão, não importa, tudo é feito com responsabilidade, são feitas as contas possíveis e impossíveis, e todos que chegarem ao Corinthians vão receber em dia.

Receber em dia é um ponto chave no discurso, uma vez que esse ano mesmo o Corinthians acabou atrasando salários, e isso é uma das coisas que o clubes mais fogem no futebol brasileiro, já que com 3 meses de salários atrasados um jogador pode trocar de clube de graça.


Sem opção de comentar este post