NETFUT
Notícias de futebol

Corinthians frustra a torcida e empata com América Mineiro dentro de casa

Neste final de semana o Corinthians recebeu a equipe do América Mineiro em jogo válido pela vigésima primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo foi realizado na Neo Química Arena, e não foi dessa vez que o Corinthians pôde ver todas as suas grandes contratações em campo ao mesmo tempo.

Leia: Quais os Melhores Cobradores de Falta de História do Corinthians?

Mesmo a equipe não tendo perdido a partida e estando atualmente no G-6 do campeonato, isto é, entre os 6 times que vão para a Libertadores, o torcedor corintiano pode dizer tranquilamente que esteve bem longe de estar satisfeito com o que viu em campo dentro do jogo.

O principal alvo de críticas é Sylvinho, que em muitos momentos colocou Willian e Roger Guedes para auxiliar na marcação, o que enfureceu muitos dos torcedores que entendem que essa não deveria ser a função dos jogadores e que o time deveria ser mais ofensivo.

O Jogo

Porém o desejo de ver o time de forma mais ofensiva, ficou para a próxima oportunidade. Isso porque com 10 minutos o gol do Timão já teria sido fuzilado pelo ataque mineiro. As chegadas todas levaram perigo, sobretudo, a que Mauro Zárate deixou Gabriel para trás e tocou bem para Marlon, que conseguiu mandar a bola para o fundo das redes.

Isso tirou o foco do jogo de Willian, que em teoria era a grande estrela da noite por estar fazendo sua estreia. O camisa 10, claramente, precisa trabalhar tanto o entrosamento com seus companheiros, quanto o seu condicionamento físico, mas conseguiu deixar uma boa impressão em campo.

O jogador estava sendo bem participativo, se colocando à disposição a cada lance. A insistência do jogador acabaria sendo reconhecida quando Willian encontrou Gabriel Pereira, que cruzou na área.

Primeiro Jô e Róger Guedes não conseguiram marcar, mas quando a bola foi rolada para Giuliano por Jô, o goleiro Matheus Cavichioli nada conseguiu fazer, e então, Giuliano estava marcando seu primeiro gol com a camisa do Corinthians.

Isso fez com que o jogo ficasse mais franco, e tanto o Corinthians quanto o América, tiveram duas boas chances. Zárate aproveitou a bobeira de Gabriel e mandou um lance de mão beijada para Ademir, que parou em Cássio e depois Gabriel que parou no travessão em uma finalização de longe.

Para o segundo tempo alguém poderia esperar que como os dois times estavam empatando, os dois estariam precisando só de pontos e partindo pra cima. A teoria foi mais forte que a prática, e as duas equipes acabaram caindo de rendimento.

Dois jogadores do América foram os protagonistas, tanto nos ataques do Corinthians quanto nos ataques do América. No América, Zárate seguiu dando trabalho para a defesa alvinegra.

Já do outro lado, o goleiro Matheus Cavichioli cresceu no jogo e se tornou a grande estrela do da partida, parando grandes chances de Giuliano.

No apagar das luzes Gabriel acabaria sendo expulso, sendo literalmente a última jogada do duelo.

Com o paredão fechando o gol, no fim o jogo terminaria assim, com 1 para cada lado.

Com o resultado o América segue na zona da degola enquanto o Corinthians ainda pode perder posição caso o Fluminense vença hoje.


Sem opção de comentar este post