NETFUT
Notícias de futebol

Wellington é mais um lesionado para o time do São Paulo

O São Paulo se viu novamente em uma situação de lesão dentro do elenco. A bola da vez é o lateral esquerdo Wellington, que sentiu uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda, que foi confirmada após exames serem feitos na quarta-feira no CT da Barra Funda.

Wellington vinha fazendo uma boa partida no contra o Palmeiras, válida pelas quartas de final da Taça Libertadores, mas sentiu e precisou ser substituído. Devido a dores fortes o jogador acabou saindo de campo chorando.

Leia: Por medo de lesões e desfalques, São paulo deve preservar atletas contra o Grêmio, com foco na Libertadores

Wellington vai começar seu trabalho de recuperação no Reffis, e deve se juntar a muitos outros nomes que ocupam o mesmo local. Entre eles, William, Marquinhos, Diego Costa, Eder e Luciano. Não existe ainda uma data para o retorno do jogador.

Algo interessante que pode ser levado em consideração é o fato de que entre os 12 jogadores que tiveram o infortúnio de se machucar no tricolor paulista, só 3 deles chegaram a disputar mais da metade dos jogos do Campeonato Paulista. São eles Luciano, Luan e Arboleda.

Dentro do elenco, Luan foi o jogador que mais jogou no torneio estadual, chegando a jogar 14 jogos dos 16 que foram disputados. Arboleda também jogou bastante, 13 jogos, enquanto que Luciano jogou em 10.

O resto do elenco tricolor acabou por fazer menos partidas no estadual, e dois deles até nem estavam no elenco ainda quando o campeonato foi disputado. São os casos de Marquinhos e de Rigoni.

O veterano Miranda disputou sete jogos, enquanto que o novo lesionado Welington tem partidas. Hernanes que já saiu do clube jogou em cinco jogos, Eder em quatro, enquanto que Diego Costa e William jogaram três partidas cada.

Dentre todos eles, o jovem Gabriel Sara foi o que teve mais jogos, disputou 9, e até chegou a se lesionar, mas foi resultado de uma pancada que recebeu e não algum tipo de lesão ligada ao desgaste que é o que mais acontece no São Paulo hoje.

O que poderiam ser as possíveis causas de tantos desfalques no time São Paulo?

É impossível notar todas essas lesões e não lembrar que o São Paulo escolheu não dar folgas de longa duração para os jogadores quando a temporada de 2020 terminou. Por conta dos atrasos do calendário atípico dado todo o decorrer da atual doença, as temporadas 20 e 21 se juntaram, e o tempo de descanso que já seria pequeno naturalmente, acabou sendo menor ainda dentro do tricolor.

O campeonato Paulista começou 3 dias depois que a temporada 2020 havia acabado, e embora alguns jogadores tenham recebido algum tempo para descanso, o São Paulo optou por seguir forte para o torneio, a fim de se preparar para a temporada com uma conquista de um título que, mesmo considerado pequeno tirou o time de um jejum de oito anos de espera.

Todos esses desfalques irão continuar como desfalques na partida do final de semana contra o Grêmio válida pelo Campeonato Brasileiro, no entanto Hernán Crespo torce para que alguns retornos aconteçam para o jogo de terça, onde o São Paulo enfrentará o Palmeiras novamente pelas quartas de final da Libertadores.