NETFUT
Notícias de futebol

Você sabe quem são os donos da artilharia pela Seleção Brasileira em fases Eliminatórias da Copa do Mundo?

No último jogo da Seleção contra o Peru pelas Eliminatórias da Copa do Mundo, Neymar entrou para a história se tornando o maior artilheiro da seleção na fase eliminatória da competição.

Leia: As Convocações Mais Bizarras E Inacreditáveis Da Seleção Brasileira

Para conquistar essa posição o jogador teve que ultrapassar figuras históricas da nossa seleção, e hoje vamos citar os 5 jogadores com mais gols nas Eliminatórias. Vamos deixar Neymar de fora da lista pois já sabemos que ele é o primeiro colocado com 12 gols em 20 jogos. Vamos listar os 5 primeiros abaixo dele!

Kaká

Kaká seleção brasileira

Kaká viveu momentos incríveis com a camisa da seleção em praticamente todas as competições que jogou com a Seleção Brasileira, de arrancada que deixou Messi para trás até golaço em Copa, não tem nada que o meia não tenha feito com a camisa da seleção.

E no meio de todos esses feitos, estão 10 gols que o jogador fez ao longo de 27 partidas que disputou nas Eliminatórias. Como o jogador passou a ser convocado para a seleção principal muito cedo, é comum que ele tenha um número de jogos em Eliminatórias expressivo.

Luis Fabiano e Ronaldo Fenômeno

Luis Fabiano Seleção Brasileira, ano de 2010

Esses dois acabaram dividindo essa posição por terem o mesmo número de gols e também de partidas em eliminatórias. Os dois jogadores também entregavam muito em campo, Ronaldo com suas arrancadas e frieza na frente do gol, e Luis Fabiano com toda sua raça e força durante os jogos.

Mesmo com algumas características diferentes, os dois entregaram 10 gols em 15 jogos, tendo em comum o faro de gol e o fato de terem ajudado a seleção a chegar à Copa.

Tostão

Tostão na seleção brasileira, Copa do Mundo de 1970

De longe a melhor média de gols que a seleção brasileira já teve nas eliminatórias. Tostão precisou de apenas 6 jogos para marcar 10 gols pela seleção nas eliminatórias, sendo uma lenda dentro dessa competição.

Por sorte o faro de gol de Tostão não foi atoa e o jogador ajudou a levar a seleção ao título da Copa de 70.

Zico

O Galinho foi um dos meias mais goleadores que já tivemos no nosso futebol. O Camisa 10 do Flamengo sempre soube encontrar o gol, seja com batidas de falta magistral, seja com a bola rolando em lindas jogadas construídas e, é lógico, que o jogador seria figura carimbada nas eliminatórias, tendo marcado 11 gols em 11 jogos, média de um gol por partida que disputou.

É quase um pecado do futebol com o jogador lembrarmos que além dos 11 gols nas eliminatórias, ele marcou o total de 69 gols pela seleção, jogou 3 copas do mundo e defendeu a camisa por 10 anos, e ainda assim, nunca foi campeão do mundo.

Romário

Romário em Jogo de Master, Brasil x Itália. Evento comemorativo a conquista da Copa de 94 – Fortaleza 10 de janeiro de 2020 – foto: CBF

Empatado sem gols com Zico porém, com uma média maior, o Baixinho Romário marcou 11 gols em 8 jogos que disputou nas Eliminatórias da Copa, com média de mais de um gol por partida isso seria apenas um presságio de uma Copa que ele venceria sendo o grande protagonista ao lado de Bebeto.

E agora tanto Romário quanto Zico, puderam ver Neymar se tornar o jogador que mais fez gols com a camisa, passando eles e ainda tendo tempo de carreira para criar uma boa distância também.


Sem opção de comentar este post