NETFUT
Notícias de futebol

Tudo parado de novo: A prefeitura de BH barra jogos de futebol com torcida novamente

As coisas pareciam promissoras para os clubes de futebol mineiros, sobretudo os que planejavam jogar em Belo Horizonte. Isso porque quando o Atlético Mineiro levou torcedores até o Mineirão na histórica vitória de 3 a 0 contra a equipe do River Plate na Libertadores, muitos outros clubes acharam que poderiam finalmente contar com sua torcida também, no entanto eles ainda terão de esperar.

Leia: Fluminense e Atlético-MG Se Enfrentam Em Situações Opostas Pelo Brasileirão. Saiba Tudo Sobre O Jogo

Isso porque ontem, domingo dia 22 de agosto a prefeitura de BH anunciou que havia cancelado a reunião que iria fazer hoje, segunda dia 23. A reunião contaria com representantes tanto do Mineirão quanto de outros clubes mineiros, como já noticiado aqui antes.

Porém, foi publicado no Diário Oficial do Município que a prefeitura da cidade irá oficializar uma nova proibição de torcedores dentro dos estádios de futebol, notícia que pegou muitos de surpresa.

Uma entrevista coletiva foi convocada pelo prefeito da cidade Alexandre Kalil na manhã desta segunda-feira, onde ele iria explicar os motivos que levaram a essa decisão por parte da prefeitura.

Na coletiva, o prefeito explicou que a decisão foi tomada pelo Comitê de Enfrentamento a Covid-19, que analisou os eventos realizados na última semana e constatou inúmeros descumprimentos das regras e dos protocolos que foram estabelecidos para que os eventos pudessem acontecer.

Durante o evento, a Guarda Municipal de BH abordou cerca de 1072 torcedores que, ou não estavam de  máscara ou até estavam usando porém de forma incorreta enquanto transitavam pelos arredores do Mineirão, no bairro da Pampulha em BH.

Todas as abordagens foram feitas no período da noite nessa sexta feira dia 21 de agosto na partida entre Cruzeiro e Confiança válida pela série B do Campeonato Brasileiro, e na presente ocasião nenhum torcedor precisou ser punido, já que todos ouviram e aceitaram as orientações da guarda municipal assim que foram abordados.

Essa partida foi a primeira do time do Cruzeiro com a sua torcida em muito tempo, sobretudo no estádio do Mineirão. E na quarta-feira da semana passada, a torcida do Atlético Mineiro também pode apoiar seu time, porém o jogo resultou em uma grande aglomeração do lado de fora do estádio, o que foi totalmente contrário às medidas sanitárias impostas, e incomodou muito a prefeitura de Belo Horizonte.

Sabendo que o mesmo poderia acontecer no jogo do Cruzeiro, a prefeitura mudou algumas regras para que o jogo pudesse acontecer.

A solução inicial foi cercar as ruas para evitar a circulação de torcedores que não fossem adentrar ao estádio e também de ambulantes, e além disso a força policial monitorando o local foi muito maior.

Para garantir que apenas torcedores passassem por ali e não ficassem gerando aglomeração na frente do estádio, os torcedores que de fato iam assistir o jogo lá dentro foram aconselhados a chegar duras horas mais cedo.

Outra solução foi permitir que a região do estádio fosse acessada apenas por pessoas com ingresso e teste de CV-19 negativo em mãos.