NETFUT
Notícias de futebol

Renato Gaúcho se despede do Flamengo com mensagem respeitosa

Renato Gaúcho acabou sendo desligado do Flamengo por conta da final da Libertadores e de alguns outros fatores que incomodaram a diretoria ao longo de todo ano. Isso já era esperado no minuto que o apito final aconteceu, com todo mundo sentido que não havia mais clima depois.

Isso ficou ainda mais claro com o treinador sendo desligado ainda antes do fim da temporada. Como o contrato de Renato ia até dezembro, com o fim da temporada, existia a possibilidade de permitir que ele terminasse os últimos jogos do Brasileirão ainda como treinador, no entanto, ele foi desligado do clube antes da primeira partida após a final da libertadores.

Isso acabou se mostrando uma boa decisão, afinal a torcida do Flamengo se mostrou ainda ressentida quanto ao treinador, e isso ficou claro quando ainda antes do jogo, a torcida começou a hostilizar o nome de Renato, mandando-o tomar naquele lugar sem nem mesmo ele estar presente no estádio.

Isso sem contar o final do jogo, quando eles começaram a gritar “Mister”, em relação a Jorge Jesus, algo que a torcida inclusive já usou como arma para hostilizar Renato ao fim do jogo da Copa do Brasil contra o Athletico, onde o Fla acabou sendo eliminado.

Isso tudo evidencia como a saída de Renato do time não foi nada fácil, tanto por parte da diretoria que com certeza esperava muito mais do treinador quanto da própria torcida, que praticamente implorava pela vinda de Renato quando Rogério Ceni estava prestes a sair do clube.

E ficou claro que a saída acabou não sendo fácil para Renato, que por anos a fio sempre deixou claro que pretendia treinar o Flamengo em algum momento de sua carreira, e quando o momento finalmente chegou, em apenas um ano as coisas acabaram não dando certo.

O treinador postou em suas redes sociais um texto de despedida demonstrando muito respeito pelo clube, onde admitiu não ter conquistado as coisas da forma que gostaria, e agradecendo a todos que conheceu e que trabalhou nesse período de tempo que treinou o Fla.

Segue na íntegra a despedida de Renato.

“Encerro aqui mais um ciclo. Todos temos sonhos a serem conquistados e treinar o Flamengo era um dos meus.
Conquistei não dá forma que eu gostaria, porém, não faltaram garra e empenho para tentar sair com as conquistas que esperávamos.
Quero agradecer ao Presidente Landim, ao Marcos Braz e ao Bruno Spindel pela oportunidade e por terem confiado em mim. Agradecer a todos os departamentos do clube que foram muito importantes nessa jornada. Agradecer aos jogadores e a torcida que, mesmo não sendo da forma que sonhávamos, não deixaram de ter Raça, Amor e Paixão. Isso é Flamengo!
Sigo com carinho e admiração pelo Clube de Regatas do Flamengo.
Sucesso aos próximos!”

Lembrando que o Flamengo ainda tem mais 3 jogos que terá que jogar no Brasileirão antes do fim da temporada, onde vai ter que ter o auxiliar como técnico interino.