NETFUT
Notícias de futebol

Renato Gaúcho precisa administrar 10 desfalques para jogo diante a Chapecoense

Depois de vencer o Atlético Goianiense, técnico afirmou o problema de vários jogadores indisponíveis para a próxima rodada

O Flamengo está bem próximo de disputar contra o Palmeiras na final da Libertadores e o grande problema no momento é a indisposição de vários jogadores lesionados e o medo de aumentar o número de lesionados no DM. Para aliviar e prevenir possíveis desfalques pela grande decisão na Libertadores, Renato vai poupar alguns jogadores, como David Luiz e Diego Alves. O defensor ainda está em recuperação e o melhor é não ser acionado ainda com tantas responsabilidades e o goleiro precisa descansar.

O Mengão que disputa o último jogo da rodada, nesta segunda-feira contra a Chapecoense não poderá contar com 10 atletas:  Diego Alves; Filipe Luís, David Luiz e Isla; Diego, Thiago Maia, Arrascaeta, Andreas Pereira, Pedro e Kenedy.

A preocupação pelos desfalques não é de agora, o grande problema é que existem atletas que recém estão voltando e correndo risco de ficar lesionado,

Renato Gaúcho avisa sobre possíveis desfalques

Logo depois de vencer o Atlético-GO, o fato dos desfalques foi reafirmado pelo técnico, o mesmo destacou o seguinte:

“Temos o risco de jogar a cada três dias, mas enquanto houver chances estamos jogando. A gente está jogando esses jogos como se fossem uma final. O grupo do Flamengo não consegue nem dormir e se alimentar. Daqui a pouco vamos tropeçar e vai ter gente falando que falta isso e aquilo. Temos esse risco. Se mais algum jogador sofrer uma lesão muscular, ele estará fora do dia 27”, disse Renato Gaúcho.

O pior de tudo, que o Flamengo tem desfalques de extrema importância, jogadores que foram essências para vencer os campeonatos de 2019, como Arrascaeta, Diego e Filipe Luis, sem esse atletas o grupo perde muita qualidade técnica.


Sem opção de comentar este post