NETFUT
Notícias de futebol

Prováveis vilões da semifinal da Copa do Brasil entre Atlético Mineiro e Fortaleza

Já falamos sobre os heróis desse jogo, mas não dá para falar de herói sem falar de vilão, e sabemos que o público até se interessa mais pelo vilão do qualquer outra coisa, afinal está no sangue brasileiro se divertir muito mais vaiando um jogador do que aplaudindo.

Então vamos analisar os dois times dessa partida e escolher dois nomes de cada lado de quem podem ser os grandes vilões dessa semifinal de Copa do Brasil entre Atlético Mineiro e Fortaleza.

Atlético: Guga

O lateral foi uma peça muito instável por muito tempo dentro da equipe, tendo melhorado um pouco depois que Mariano chegou e precisou ser utilizado. No entanto, Mariano é o titular por um motivo, e é difícil acreditar que Guga, sob pressão, possa entregar o mesmo que seu companheiro de posição.

E em um jogo como esse, os laterais sem dúvida serão exigidos, tanto para auxiliar no ataque, a final, o Fortaleza sabe do poder ofensivo do Galo e vai se fechar, o que significa que o time precisa tanto de alternativa na frente, quanto também defensivamente, uma vez que o adversário deixou muito claro no jogo contra o São Paulo que sabe marcar gols.

Fortaleza: Matheus Jussa

O titular da posição é Benevenuto, que não pode ir a campo por não ser inscrito na competição, já que chegou ao time depois do prazo de inscrição ter terminado. E como dissemos no caso de Guga, o jogador é reserva por um motivo.

Não acreditamos nem que o jogador seja ruim, mas estamos falando de uma defesa que precisa parar o melhor ataque do futebol brasileiro esse ano, isso em uma semifinal do jogo mais importante da história do clube, e talvez isso seja pressão de mais.

Atlético: Jair

Jair é um bom lateral e sempre é importante nos jogos do Galo. No entanto, também não existe uma só partida que o volante não arrume confusão, e vamos levar essa cabeça quente em consideração na hora de dizer que isso, em um jogo decisivo pode ser perigoso.

O jeito explosivo do jogador pode até agradar a torcida, atrelando vontade e raça a isso, mas na prática, o que isso pode trazer durante o jogo é uma expulsão, atrapalhando completamente a vida de Cuca, que teria que redesenhar a equipe e se segurar com um a menos, porque sem dúvida o Fortaleza viria pra cima.

Fortaleza: Henriquez

Novamente vamos pedir a cabeça de um reserva. E dessa vez um reserva que tem que assumir um papel cascudo no jogo. O jogador vai substituir David, que é simplesmente o melhor jogador do time dentro da competição.

David tem 4 gols e é o vice-artilheiro da competição e atual artilheiro do time na Copa do Brasil, e não é nada fácil substituir a maior esperança de gols de um time. Junte isso com a inexperiência que não só o time em si tem, afinal chegar nesse tipo de decisão faz parte da história recente do clube, mas também do próprio jogador, e você pode ter gols perdidos que vão fazer falta.