NETFUT
Notícias de futebol

Piores jogadores da partida entre Fortaleza e Atlético Mineiro

Já falamos dos melhores em campo, e agora é hora de falar das presepadas da partida entre Fortaleza e Atlético Mineiro pela semifinal da Copa do Brasil. Apesar de tudo tivemos um jogo bem equilibrado, e sem nenhum time tendo jogado muito pior que o outro, com o Galo saindo vitorioso de uma partida onde o Fortaleza lutou bravamente até o final.

Mas isso não quer dizer que não tivemos alguns jogadores para chamar de pior, como vamos mostrar a frente.

Atlético Mineiro: Tchê Tchê

Não é nem que o jogador acabou indo mal na partida, é que ele simplesmente foi discreto demais no jogo. É bem verdade que a sua posição tende a ser um tanto invisível durante a partida, tendo o papel mais de trabalhar cadenciando os passes do que realmente chamando atenção.

No entanto, foi tão discreto na partida que acabou não conseguindo passar a segurança necessária para que a torcida fique aliviada sempre que Allan não possa jogar, afinal o volante é muito importante, e precisa de um substituto que passe a mesma segurança quando for a campo.

Fortaleza: Wellington Paulista

Apesar de ter 4 gols na competição e ser o um dos artilheiros da equipe, o atacante acabou não conseguindo fazer muita coisa para ajudar. As bolas teimavam em chegar, e quando acontecia, não eram aproveitadas. E como dito antes, nem é uma questão de quem jogou mal, já que não tivemos nenhum jogador do Fortaleza que comprometeu nem nada do tipo, porém temos que apontar os mais fracos, e nesse caso os atacante veio a campo não só com expectativa da torcida, mas também com o dever principal que o time precisava: marcar gols, e não foi isso que aconteceu no jogo.

Atlético Mineiro: Alan Franco

Mais um caso de reserva que entrou em campo mas não chamou a atenção. É claro que não é um papel muito fácil se destacar no meio de campo do Galo, principalmente quando se tem nomes como Nacho e Zaracho por lá, no entanto, chances como essa devem ser aproveitadas para que o time entenda que você está lá quando for necessário, e a atuação discreta do meia, que acabou deixando as armações de jogo muito mais para Vargas, fez com que ele não tenha aproveitado assim tão bem sua chance nessa partida.

Fortaleza: David

Novamente vamos falar de um atacante aqui, não só porque o time precisava de gols, mas também porque o Fortaleza deveria ter aproveitado as poucas chances que teve, já que essas chances poderiam ter dado moral para o time ou mesmo assustado um pouco o Galo, o que faria com que mais chances surgissem.

No entanto, o ataque do Fortaleza não estava em um dia inspirado, e David acabou sendo vítima disso também, sem conseguir ser objetivo quando pôde, o jogador ainda viu um atacante ter que sair do banco para que o time pudesse fazer ao menos o gol de honra da equipe.