NETFUT
Notícias de futebol

Os dois melhores e os dois piores jogadores do Flamengo na vitória na semifinal da Libertadores

O jogo entre Flamengo e Barcelona de Guayaquil já terminou e quem saiu vencedor foi o rubro negro. O Flamengo não encontrou dificuldades nem na casa do adversário e repetiu o placar que tinha feito no Maracanã.

Foram mais 2 a 0 no placar, somando 4 no placar agregado e mais uma vez o Mengão está na final da Libertadores, e pelo segundo ano consecutivo teremos uma final de brasileiros. E quem será que foram os grandes heróis da partida? E quem será que por pouco não foi a festa rubro negra?

Para responder isso, nós separamos quem foram os dois melhores e os dois piores da partida pelo lado Flamenguista.

Pior: Gabigol

Definitivamente não era a noite do atacante. É claro, não é que a partida dele foi horrorosa, e não achamos que dá pra dizer isso de qualquer jogador do Flamengo nesta partida. No entanto, a torcida rubro negra estava acostumada a ver Gabigol desempenhar em um certo nível, e precisamos lembrar que o jogador é o artilheiro da competição.

A expectativa não foi cumprida e o jogador acabou perdendo a única chance de gol real que teve na partida. Porém nada que atrapalhasse o time no fim das contas.

Melhor: Everton Ribeiro

Cada vez que Everton Ribeiro joga bem a torcida sente menos falta de Rogério Ceni. Não estamos dizendo que é culpa do treinador a má fase que o meia viveu durante sua estadia por lá, mas também temos que mostrar que desde que Renato Gaúcho chegou ao clube, tudo parece ter mudado. O meia descolou duas assistências no jogo de hoje, além de ter sido de longe o grande maestro do time no meio de campo. Sem dúvida alguma a melhor atuação do meio nessa temporada.

Pior: Isla

O jogador acaba não tendo o mesmo brilho que seus outros companheiros de time. A lateral não foi comprometida, apesar do jogador ter se enrolado em algumas saídas de bola, mas também não teve brilho, o que acabou atrapalhando a vida dele já que acaba sendo impossível não compará-lo com seus companheiros.

O lateral também não parece muito afim de subir para o ataque e auxiliar na criação de jogadas, sendo bem tímido e provavelmente se escorando na vantagem. Nenhum torcedor estranharia se na próxima janela o Flamengo surgir com um novo nome para a posição.

Melhor: Bruno Henrique

Não estamos aqui falando apenas do melhor jogador dessa partida, estamos falando do melhor jogador da semifinal como um total, e isso inclui também o jogo do Palmeiras. Bruno Henrique fez o que quis com a defesa do Barcelona, e somando o jogo de ida com o jogo de volta marcou 4 gols nesta semifinal.

O jogador já vem sendo o principal jogador do Mengão no Brasileirão, onde faz parte da artilharia, mas na Libertadores Gabigol tinha marcado mais, então os olhos estavam mais nele, mas Bruno Henrique mostrou novamente que pode ser o principal jogador do futebol brasileiro nesse momento.


Sem opção de comentar este post