NETFUT
Notícias de futebol

Nova vitória sobre o Peñarol, leva Athletico à final da Sul-Americana

Na noite desta quinta-feira o Athletico-PR recebeu a equipe do Peñarol em jogo válido pela partida de volta da semifinal da Copa Sul-Americana. Nesse jogo, o time uruguaio tinha que correr atrás do 2 a 1 conquistado pelo Furacão no jogo de ida, mas ao invés disso, acabou levando mais 2 gols e disse adeus de vez a competição, deixando para o Athletico a oportunidade de se juntar ao Bragantino e fazerem história com uma final 100% brasileira.

O Jogo

1º Tempo

O primeiro tempo da partida começou com o Peñarol sabendo que deveria ir para cima independente de estar em casa ou não. O time tinha gols de desvantagem, e o plano parecia ser correr atrás deles logo no início para desestabilizar o Furacão.

A tática até fez o time chegar na área para tentar marcar bem cedo. Gargano conseguiu dominar a bola na área dos donos da casa, onde conseguiu girar para cruzar, cruzamento este, que foi para os pés de Facundo Torres que acabou mandando para fora.

O Athletico decidiu que não seria uma boa sentença em cima do resultado, e conseguiu responder à ofensiva dos visitantes com um ótimo contra-ataque puxado por Terans. O jogador invadiu a área e encontrou Nikão, que conseguiu se ajeitar para bater rasteiro para matar o goleiro rival e mandar para o fundo das redes. 1 a 0 para o Athletico.

O Peñarol tentou não sentir o gol sofrido que aquele ponto faria muita a diferença. O time tentou se manter focado para chegar ao gol adversário e começar a descontar.

E foi assim que o time conseguiu um pênalti para bater. O jogador Juan Ramos acabou sendo derrubado dentro da área por Erick, e o pênalti foi marcado. Na cobrança Ceppellini bateu, e Santos que ficou no meio do gol conseguiu arrancar. Um gol para os donos da casa e um pênalti desperdiçado pelos visitantes que precisavam desesperadamente marcar.

Os times ainda tiveram uma boa chance de fora da área cada, antes do primeiro tempo finalizar, e esse finalizou com 1 para o Furacão e 0 para o Peñarol.

2º Tempo

Peñarol tem forte queda de rendimento, fortalecendo a confiança dos brasileiros

Todos esperavam que os visitantes viessem ainda mais pilhados para o segundo tempo, para tentar repetir a tática do primeiro tempo e lutar pelo gol, logo no começo da etapa, porém todos foram surpreendidos com um futebol bem mais burocrático, com um time que mesmo precisando correr atrás do resultado já estava claramente sem gás.

O Furacão aproveitou a falta de intensidade do time para ganhar mais espaço no jogo. Pedro Rocha encontrou Abner em profundidade, que invadiu a área adversária e encheu o pé no canto para uma boa defesa do goleiro Dawson.

Essa foi a primeira tentativa do Athletico para o gol na segunda etapa, e logo na segunda, o time conseguiria mais um gol. Acontece que Nikão recebeu um grande lançamento de Abner, e conseguiu passar para Pedro Rocha dentro da área, que conseguiu passar por um adversário e marcar o gol no cantinho.

E dessa forma, sem muitas novas emoções, o jogo terminaria, colocando o Furacão na grande final brasileira da Sul Americana. Lembrando que a grande final acontece em jogo único no estádio Centenário, em Montevidéu, no dia 20 de novembro.

Sem opção de comentar este post