NETFUT
Notícias de futebol

Netfut aponta: Os melhores jogadores do Majestoso da noite de segunda

O Majestoso se foi e neste o tricolor paulista conseguiu sair com a vitória, deixando o Corinthians sem conseguir cutucar os times do G-4 do Campeonato Brasileiro. E nesse jogo, para o time vencedor algumas estrelas brilharam e merecem serem citadas aqui, e para o lado perdedor alguns jogadores ao menos mostraram raça e disposição e acabaram ficando de fora das maiores críticas.

E por isso hoje vamos falar dos melhores jogadores em campo no clássico, dos dois lados. Não se esqueçam de checar também quem foram os piores em campo dos dois lados.

Corinthians: Gabriel Pereira

Primeiro precisamos lembrar que todo o elenco do Corinthians jogou mal de forma coletiva, e só vamos lembrar aqui de nomes que conseguiram se destacar em meio a bagunça que o time estava. 

E um dos maiores problemas do time era a lentidão nos ataques, o que raramente era quebrado por GP, que quando aparecia, tentava a velocidade e a jogada a individual, mesmo tendo poucas chances de fazer o que sabe fazer. O jovem jogador tentou e teve coragem, algo que sem dúvida foi notado pelos torcedores fazendo frente a um time com medo de lançar ao ataque.

São Paulo: Gabriel Sara

O jogador do São Paulo deu uma aula de como um meio de campo moderno deve jogar no futebol atual, ajudando demais na contenção com a defesa mas ao mesmo tempo encontrando Reinado para que o lateral desse a grande assistência para o gol.

O jogador vinha desacreditado e teve atuações bem instáveis quando treinado por Crespo, mas parece que a mudança de ares trouxe mais ânimo para o jogador que jogou muito bem e parece novamente ter um futuro brilhante vestindo a camisa do São Paulo.

Corinthians: Renato Augusto

Os termos de “carregar o time nas costas” foram atualizados nesse jogo pelo meia Renato Augusto, o jogador foi o grande nome do time no pequeno futebol jogado.

Renato era acionado a todos os momentos, e praticamente toda bola que passava pelo meio tinha que passar pelo jogador no processo, transformando Renato numa espécie de gargalo, sobrecarregando o jogador que mesmo em movimento era muito esforçado. Renato Augusto passou longe de realmente conseguir ser efetivo dentro da equipe do Corinthians, mas que fez mais do que seus companheiros de equipe, ele fez. Pontos para a força de vontade do jogador.

São Paulo: Igor Gomes

Poderíamos, é claro, colocar o autor do gol Calleri aqui, que vem melhorando mais e mais a cada jogo e sendo cada vez mais importante no setor ofensivo como um todo, mas preferimos dar espaço para o parceiro de Gabriel Sara no meio.

O jogador Igor Gomes foi fundamental, também dando uma amostra para o nosso futebol o que é um jogador moderno,que ao mesmo tempo que quase marca um golaço faz a cobertura perfeita de todas as bolas que passaram por ele.

 O jogador parece também ter recuperado a confiança e vem fazendo boas partidas, diferente de suas partidas com Crespo.


Sem opção de comentar este post