NETFUT
Notícias de futebol

Grêmio diz não para o Alavés e Jean Pierre segue no time, Ferreira também volta a ser opção.

O Grêmio vem tentando trazer novos nomes para compor o elenco de Felipão, entende que a situação atual do clube não vai se resolver apenas com a realocação das peças que o clube já tem.

Porém, o clube também não descarta vendas caso boas oportunidades de negócio apareçam. Mas na visão da diretoria do Imortal, esse não é o caso da proposta recebida pelo meia Jean Pyerre enviada pelo Alavés da Espanha. O clube se interessava em pegar o jogador emprestado, mas acabou não tendo sucesso.

Leia: Grêmio vence o Bahia e dá novo passo para fugir da zona perigosa

Além de ter o jogador por empréstimo, o time espanhol também gostaria de ter a opção de compra estipulada no contrato, no entanto, o time não gostaria de ter que pagar pela transferência.

O Grêmio nem ao menos considerou a proposta por entender que ela era completamente ruim para o time e beneficiaria apenas o Alavés. Isso porque o Grêmio entende que se Jean Pyerre for sair, o clube precisa lucrar com isso.

O jogador possui contrato até 2023 no clube e possui uma multa de 120 milhões de euros, 755 milhões de reais aproximadamente. A janela de transferências espanhola vai até o final de agosto, e não se sabe se o clube tentará novas investidas até lá.

Essa não é a primeira vez que o jogador tem proposta para deixar o Grêmio.

Ainda esse ano o Imortal se interessou em negociar o jogador com o Vancouver Whitecaps, time que disputa a Major League Soccer nos Estados Unidos, porém o acordo acabou não indo para frente. Na época o time estaria disposto a pagar 6 milhões de dólares, cerca de 32 milhões de reais para ficarem com 50% dos direitos econômicos do jogador.

A fase de Jean Pyerre não é boa no time atualmente. O jogador tem sido reserva, e às vezes acaba nem entrando em campo, como foi o caso contra o time do Bahia recentemente.

A exemplo de Jean Pyerre, outro jogador que quase saiu, mas deve voltar a integrar o time gremista é Ferreira. O jogador chegou perto de acertar com o Atlanta United, time também da MLS. Na época o clube iria pagar a multa rescisória do jogador.

Essa decisão ia contra as vontades do Grêmio, que na época chegou a classificar a transferência do jogador como hostil. No entanto, o time acabou voltando atrás e dando um “bolo” em Ferreira, deixando ele com o clima ruim no Grêmio.

O jogador teve diversas rusgas com o técnico Felipão, que chegou a criticá-lo publicamente. Isso porque o jogador chegou a faltar a sessões de fisioterapia e pediu sua rescisão de contrato, o qual não foi acatado.

Não se sabia ao certo se existiria clima para que o jogador voltasse a atuar com a camisa do Grêmio, e houveram especulações de que o Imortal procuraria novas oportunidades de venda, mas agora se recuperando de uma lesão no joelho, Ferreira deverá ser reintegrado ao elenco e será opção no banco de reservas, mas como e se ele será utilizado apenas o tempo dirá.