NETFUT
Notícias de futebol

“Foi um prazer trabalhar com vocês” diz Renato Gaúcho a jogadores em tom de despedida

Com a derrota do Flamengo neste final de semana na Final da Libertadores, um clima muito complicado se instaurou no Flamengo. Todos ali dentro tinham uma grande expectativa sobre o título, principalmente pelo poderoso time que o Fla hoje tem.

No entanto, o resultado final acabou se mostrando mais frustrante do que qualquer outra coisa, com o time jogando mal, tendo falhas, e principalmente, tendo um Renato Gaúcho com clima de culpado.

Esse clima afetou negativamente a todos, de jogadores e dirigentes, mas pegou ainda mais severamente Renato Gaúcho. O treinador claramente sentiu muito a derrota, ficando muito abalado após o jogo.

O que mais evidenciou isso foi a forma com que as conversas com os jogadores aconteceram no vestiário após o jogo. Por lá Renato conversou com todos, e pelo o que deu para se notar, o papo de Renato com o elenco já foi em clima de despedida.

O treinador elogiou os jogadores, admitindo uma admiração pelo elenco desde a época em que trabalhava no Grêmio.

– Quando eu estava no Grêmio, achava que esse grupo era f…. Agora, vi que vocês são muito mais do que eu achava. Peço desculpas por qualquer coisa, aos que não dei oportunidade. Mas foi um prazer trabalhar com vocês. – Disse Renato em um tom melancólico de despedida.

Essa não é a primeira vez que Renato fala dentro do vestiário em tom de despedida. Na semifinal da Copa do Brasil, ocasião onde o Flamengo foi eliminado da competição pelo Athletico-PR, o treinador acabou sendo hostilizado pela torcida que gritou o nome de Jorge Jesus, treinador do Flamengo, em tom de protesto.

Isso teria feito com que Renato ficasse muito irritado, e tivesse pedido as contas, porém, o treinador acabou sendo convencido pelos dirigentes do Flamengo a seguir na equipe, até pelo pouco tempo de trabalho na época.

 

O trabalho e Renato ainda possui apenas uma temporada, porém não se sabe se dessa vez a diretoria vai se esforçar tanto pra que ele siga com o time, uma vez que existem conversas internas de que o clube estaria disposto a tentar novamente contar com um treinador estrangeiro, e nesse caso até o próprio Jorge Jesus seria alvo do time, uma vez que o português vive momentos de instabilidade no Benfica por conta de problemas de relacionamento lá dentro.

É claro que uma permanência de Renato ainda é possível, principalmente porque a maioria da diretoria do rubro-negro sempre se mostrou positivo quanto ao trabalho do treinador. Mas o que mais facilita a sua saída é o fato de não ser necessário uma multa rescisória, uma vez que o contrato do treinador termina no fim do próximo mês.

Isso inclusive foi comentado pelo próprio Renato na coletiva após a partida, com ele dizendo:

– Meu contrato termina no próximo dia 30, essa pergunta deve ser feita ao presidente, ao Marcos Braz, à diretoria. A decisão agora é da diretoria.

Ainda existem aqueles que acreditam que o fim de seu contrato será adiantado, mas para saber isso vamos ter que esperar.