NETFUT
Notícias de futebol

Fluminense cede o empate no final, e Atlético Mineiro perde a chance de disparar no ataque

O Fluminense recebeu o Atlético Mineiro em São Januário, na noite de ontem, no último jogo válido pela décima sétima rodada do Campeonato Brasileiro, e nesse jogo o Flu passou perto de ter a vitoria mas acabou cedendo o empate para o Galo.

Leia: Em meio a troca de treinadores e momento conturbado no clube, Jhon Arias é regularizado no Fluminense

A estreia de Marcão pelo Flu tinha muita expectativa por conta da torcida. A campanha do time no Brasileirão vinha ruim com 4 derrotas seguidas, e se ao menos não conseguiu a vitória, Marcão conseguiu quebrar essa sequência com um empate, e um empate contra o atual líder do Campeonato Brasileiro e próximo adversário também no meio da semana.

Enquanto isso, o Galo tinha a chance de abrir 8 pontos de vantagem do vice-líder Palmeiras, e acabou desperdiçando a chance e descobrindo que o Flu não vai ser bobo nas duas partidas pela Copa do Brasil que estão por vir.

O Jogo

1º Tempo

Ficou clara a ideia do Galo testar o time do Flu, indo para cima com boa jogada de Eduardo Vargas, que logo aos 12 minutos mandou uma bola da trave. No entanto, esse susto não definiria a defesa do Fluminense no jogo, isso porque o esquema de Marcão para o jogo consistia em manter o time marcando forte, lendo o jogo e esperando o momento certo para contra-atacar.

O jogador Martinelli teve boa chance e deu trabalho para o goleiro Everson de fora da área. Apesar da boa defesa, o goleiro do Galo não teve tempo para comemorar, pois no lance seguinte veria Hulk cometendo pênalti no zagueiro Luccas Claro. Um atacante cometendo pênalti em um zagueiro não é uma cena que se vê todos os dias.

Fred aproveitou e criou outro momento que deve ser lembrado. Com o pênalti convertido o jogador chegou a 154 gols no Campeonato Brasileiro, tornando-se ao lado de Romário o jogador que mais marcou gols na história do torneio. O jogador precisa de mais 36 gols para se igualar ao primeiro lugar ocupado por Roberto Dinamite. Lembrando que se contarmos apenas os Brasileirões de pontos corridos, ele já é o maior artilheiro.

E assim terminaria o primeiro tempo. Fluminense 1 a 0 no Atlético Mineiro

2º Tempo

O Galo soube da oportunidade que estava deixando escapar, e veio para a segunda etapa decidido a virar o jogo. O goleiro Marcos Felipe fez mais uma boa partida, segurando o bombardeio atleticano que vinha em sua direção, e também contando um pouco com a sorte com o chute de Hulk que terminaria na trave.

O time de Marcão no entanto, não conseguiu em nenhum momento parar o jogo e teve oportunidades para isso aos 36 minutos quando Gabriel Teixeira, em um ótimo passe de Lucca desperdiçou a garantia dos 3 pontos.

O tricolor seria punido na sequência, quando Sasha que saiu do banco conseguiu deixar tudo igual em um ótimo lançamento de Nathan.

E assim o jogo terminaria, um gol para cada lado, um sentimento agridoce para cada, Marcão que tomou o empate no final mas conseguiu quebrar a sequência de derrotas e o Galo que não perdeu mas não conseguiu se afastar como gostaria do Palmeiras na tabela.


Sem opção de comentar este post