NETFUT
Notícias de futebol

Em meio a troca de treinadores e momento conturbado no clube, Jhon Arias é regularizado no Fluminense.

O Fluminense vinha buscando reforços no mercado e entendia que precisava de algumas peças pontuais para fortalecer alguns de seus setores. Conseguiram um bom nome, o De Jhon Arias.

O meia atacante colombiano já chegou ao tricolor e já foi devidamente regularizado pelo Fluminense, mas ainda não pode estrear no Campeonato Brasileiro, e por isso ficou de fora do empate em 1 a 1 contra o Atlético Mineiro na noite de ontem.

Leia: Uma semana, dois técnicos. Última semana marca a queda de dois treinadores do futebol brasileiro

Isso acontece porque para que um novo jogador possa atuar nas partidas válidas pelo Brasileirão, o jogador precisa primeiro estar com seu nome publicado no Boletim Informativo Diário, o BID, da CBF, e isso deve ser feito sempre até o último dia útil que o antecede. Essa data seria sexta-feira passada.

O Flu até cumpriu suas datas e deu entrada na inscrição do jogador na quinta-feira, e no papel daria tempo, no entanto era necessário um certificado de transferência internacional, o que só poderia ser providenciado na segunda, e sendo assim, o jogador não teve tempo de ter seu nome publicado.

Apesar de ficar de fora no jogo de ontem, o jogador vai estar disponível para Marcão já nesta quinta feira 26/08 , onde o Flu irá encarar novamente o Atlético Mineiro agora em jogo válido pelas quartas de final da Copa do Brasil, e claro, sua situação já deverá estar regularizada até lá e por isso poderá ajudar nos próximos jogos Brasileirão também.

Apesar de ainda não ter estreado, o jovem jogador já vem treinando com seus companheiros no CT Carlos Castilho a mais de uma semana, quando chegou ao Rio de Janeiro. Jhon Arias começou seus dias no clube treinando sozinho, já que quando chegou o elenco estava viajando para seu jogo pelas quartas de final da Libertadores contra o Barcelona de Guayaquil.

No sábado foi quando o jogador de 23 anos pôde conhecer de verdade seus novos companheiros de equipe. Com a chegada da delegação, puderam passar um tempo com o jogador enquanto já se preparavam para o jogo da segunda.

O Flu vai pagar 600 mil dólares pelo jogador, o que em reais dá cerca de 3,1 milhões na atual cotação. O contrato vai até o final de 2025.

O negócio é visto com bons olhos pela diretoria, não só pela habilidade do jogador que se mostrou útil e versátil durante a campanha de seu time, o Santa Fé durante a Libertadores desse ano, mas também pela idade de Jhon.

O Flu procura hoje apenas fazer negócios inteligentes, fazendo com que seu dinheiro seja bem gasto por conta dos problemas financeiros que o clube tem tentado se recuperar, e ter um jovem promissor pode significar uma boa revenda em algum momento do futuro, podendo ter um lucro muito maior do que o valor investido para ter o jogador.

O jogador estava no Santa Fé, porém uma parte de seus direitos econômicos pertencem a um time de seu país natal, o Patriotas da Colômbia.


Sem opção de comentar este post