NETFUT
Notícias de futebol

Flamengo faz 3 em cima do Athletico-PR em confronto de finalistas

Neste domingo o Flamengo recebeu a equipe do Athletico-PR em jogo válido pela vigésima terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo aconteceu no Maracanã, palco onde a equipe do Flamengo goleou mais uma vítima, uma que assim como ele é finalista de um torneio internacional.

Os dois times chegaram em uma grande fase para o jogo, ambas tendo deram show nos jogos de meio de semana que deu para ambos uma vaga, cada uma em uma final respectiva mas de torneios bem equivalentes.

O Jogo

Primeiro Tempo

Essa igualdade poderia ter sido vista em campo também, porém o primeiro tempo não teve dois zeros no placar nem por 10 minutos. Na verdade, quando tínhamos essa minutagem no relógio o jogo já estava 2 a 0 para os visitantes.

Primeiro Bruno Henrique, artilheiro do time e um dos artilheiros da competição, passou a bola para Andreas Pereira que vinha com uma grande fome de gol nos jogos anteriores. O jogador encheu o pé na trave, que acabou sobrando para Everton Ribeiro apenas empurrar para o gol.

Isso foi aos quatro, já aos nove, Gabigol procurou Arrascaeta e encontrou Bruno Henrique que mandou mais um gol para sua conta, ficando ao lado de Edenilson como grande artilheiro da competição até aqui com 9 gols.

O Furacão quase teve um pênalti para tentar diminuir o placar, quando Rodrigo Caio acerta Carlos Eduardo no lado direito da área o jogo foi parado e pênalti marcado, no entanto o VAR entraria em ação por ter encontrado um lance de impedimento antes mesmo que a falta acontecesse, ou seja, pênalti anulado.

O mais triste disso tudo para o torcedor do Furacão, é que pouco tempo depois, um contra-ataque muito veloz do Flamengo fez com que Arrascaeta encontrasse Andreas Pereira que cruzou o campo correndo como um foguete para mandar pro gol e fazer o terceiro do Mengão na partida. 3 a 0, e esse era apenas o primeiro tempo.

Segundo Tempo

Apesar do primeiro tempo corrido e de placar elástico cheio de emoções, o segundo tempo acabou sendo o extremo oposto disso. Bruno Henrique não voltou a campo do intervalo. Renato achou melhor poupar o jogador que jogou muito suas últimas partidas mesmo tendo voltado de lesão recentemente.

Em seu lugar veio a jogo Kenedy, jogador que chegou ao clube faz pouco tempo mas que diferente de David Luiz e Andreas Pereira não teve assim tantas chances. Porém o Flamengo claramente tirou o pé do acelerador na segunda etapa, e passou a tocar mais a bola sem intrusividade.

 

Até por isso as melhores chances de gol acabaram sendo do Furacão, que viu Carlos Eduardo parar em Diego Alves em um belo chute de uma bela defesa. Mas essa acabaria sendo a vantagem mais perigosa que o Furacão teria no jogo, e vendo que os visitantes pareciam não ter poder de reação, Renato Gaúcho foi aos poucos tirando seus titulares de campo para poupá-los, e com toque de bola e paciência cozinhou o resto da partida.

Com isso o Flamengo foi a 38 pontos, ficando em terceiro, 1 ponto a menos que o Palmeiras e 11 pontos a menos que o Atlético Mineiro. Enquanto isso, o Athletico segue em nono com 30 pontos.


Sem opção de comentar este post