NETFUT
Notícias de futebol

Com gol no final, Flamengo e Athlético vão decidir vaga na próxima semana.

Na noite desta quarta-feira, o Athletico-PR recebeu a equipe do Flamengo em partida válida pela vaga na final da Copa do Brasil. O jogo aconteceu na Arena da Baixada, e nele tivemos dois times equilibrados, mas que sofreram muito em campo para encontrar o resultado.

Para esse jogo já havia ficado muito claro que ele tinha um peso diferente, uma vez que o Flamengo e o Furacão já se enfrentaram em outras decisões, e viriam para o jogo querendo resolver essas rusgas.

O Flamengo já é finalista da Libertadores, e embora tenha tropeçado muito no Brasileirão, sabe que a Copa do Brasil é a forma mais fácil de ter uma nova final de campeonato em mãos, e no caso uma que pode valer muito dinheiro.

O jogo

Para o jogo, Renato Gaúcho teria novamente que se virar sem seu principal meio Campista, Arrascaeta, que ainda não pode jogar pelo time desde que retornou de seu compromisso com sua seleção.

Em seu lugar novamente Andres Pereira foi para o jogo e acabou não jogando bem. Isso ficou claro com um jogo movimentado, mas sem grandes emoções e sem muita criatividade.

Do outro lado, tivemos um Athletico que vai se arrepender por não ter sido ainda mais ofensivo do que foi, para poder ter aproveitado melhor de algumas bobeiras que o Flamengo deu, e que com mais coragem teria saído até vitorioso da partida.

Primeiro tempo

Durante o primeiro tempo, o equilíbrio se estabeleceu, com as duas equipes jogando parecidas, e mesmo assim foi o Fla que conseguiu tomar a dianteira com um bom passe do volante Thiago Maia depois de uma pequena confusão na área que sobrou.

Porém o segundo tempo se desenhou bem diferente, com os dois times mais decididos a ganhar, e busca por gols, o Atheltico teve o primeiro gol de um jogador com a camisa do clube, porém, curiosamente, o gol foi de um jogador que já está por lá há 3 temporadas.

O zagueiro Pedro Henrique que veio do Corinthians por empréstimo e ficou por lá até ser transferido de forma definitiva, finalmente conseguiu balançar as redes com a camisa do Furacão em um escanteio cobrado.

Não muito depois, Renato Kayzer conseguiu tomar a frente de Léo Pereira e deu uma bela cabeçada para o gol, fazendo inclusive a típica comemoração de Cristiano Ronaldo dizendo “eu estou aqui”.

Furacão ficou bom tempo vencendo

O 2 a 1 ficou no placar por tanto tempo que todos achavam que terminaria nisso realmente, ainda mais quando o principal nome em gols do Fla, O Gabigol, precisou deixar o campo com dores a ponto de não dar mais para jogar.

Por sorte o Flamengo deve ter o melhor reserva do Brasil em suas mãos. Pedro foi para o jogo, e com a estrela que tem viu Fasson acertar o braço no rosto do zagueiro Rodrigo Caio em lance dentro da área do Furacão, e depois de uma consulta no VAR o Pênalti foi marcado, e literalmente no último lance do jogo, Pedro mandou para o fundo das redes, e assim o jogo terminaria.

O jogo de volta acontece quarta que vem, dentro do Maracanã.