NETFUT
Notícias de futebol

Athletico aposta nas finais para chegar à Libertadores. Seria o caminho certo?

O Athletico tem vivido um dos anos mais atípicos possível para se observar, porque ao mesmo tempo que o clube flerta com o pior ano dos últimos tempos, ele também flerta com o melhor ano de sua história.

Pode parecer confuso, mas isso faz todo sentido quando analisamos as coisas de modo individual no time, como o fato do Furacão ter chegado a duas finais esse ano, a da Copa do Brasil e também da Sul Americana. Ambas as competições dão uma vaga para a Libertadores ao time vencedor, mas ao mesmo tempo o time está a apenas 5 pontos da zona da degola pelo Campeonato Brasileiro. 

Como explicar essa inconsistência nessa temporada? Vamos falar sobre isso.

Todas as fichas nas Copas

Esse foi o ano que o Furacão deliberadamente decidiu focar nas Copas que tinha para disputar. O time aproveitou que é veterano tanto na Copa do Brasil quanto na Sul Americana para conseguir galgar seu caminho até a grande final das duas competições.

Prós

Por um lado essa tática pode parecer promissora, afinal Renato Gaúcho construiu toda uma carreira como treinador assim. A longo prazo em uma competição de mata-mata, seria difícil competir com times milionários que, por ter um elenco mais caro e recheado, podem conseguir mais consistência dentro de campo, que é a chave do sucesso em uma competição de mata-mata. Sendo assim, as Copas representam um caminho mais curto aos títulos.

Contra

Ao mesmo tempo que pode parecer mais rápido pode parecer menos seguro. Afinal, o que afasta o Furacão dos títulos hoje são apenas dois jogos, um para cada título, e caso o time perca esses 2 jogos, todo o resto que o clube construiu ao longo do torneio acaba. Os adversários, Atlético Mineiro e Bragantino, são duas pedreiras nada fáceis de se passar, e em um confronto onde o time está longe de ser o favorito, será realmente uma boa ideia apostar todas as chances de título do time apenas nisso?

Negligência no Brasileirão

Falamos de apostar todas as fichas nas Copas porque claramente o Athletico tem deixado o Campeonato Brasileiro de lado. O time sempre poupou jogadores no Brasileirão para ter o time descansado para as outras competições, e a prova de que isso é arriscado. é que o time foi perdendo pontos e posições.

Abaixo um resumo da queda de rendimento do Furacão:

Verde=vitórias / Vermelho=derrota / Cinza=empate

Primeiro, o risco era ficar longe da zona da Libertadores, porque assim a única forma do time se classificar seria através das finais, no entanto, hoje a preocupação vai até além.

Isso porque hoje o time se encontra a apenas 5 pontos da zona da degola, algo preocupante. E precisamos lembrar que o Palmeiras acabou sendo rebaixado justamente priorizando a Copa do Brasil, da qual eles até foram campeões.

Então a questão que acaba ficando no ar é: O Athletico está pronto para pagar a conta por focar em copas e deixar o Brasileirão de lado? Seja qual for a conta, desde não vencer nada até um possível rebaixamento.