NETFUT
Notícias de futebol

Victor Ferraz rescinde contrato com o Grêmio e escancara má administração de talentos do time

O Grêmio é um time que está longe de passar dificuldades financeiras como as que hoje Corinthians e São Paulo passam, por exemplo. A equipe obviamente não é feita de dinheiro, afinal, até mesmo times como Palmeiras e Flamengo precisam de atenção na hora de contratar, mas o Grêmio obviamente tem dinheiro para trazer talentos.

A questão para o tricolor gaúcho é menos dinheiro e mais administração, que é o que tem faltado, e muito para a equipe. E isso acaba ficando mais evidenciado quando olhamos mais a fundo na questão de alguns jogadores.

Hoje, por exemplo, o lateral Victor Ferraz que rescindiu seu contrato com o Grêmio. Alguns podem até não se lembrar que o jogador se encontrava por lá, afinal o atleta não entra em campo desde junho, e a questão está longe de ser uma lesão.

Victor Ferraz – foto reprodução/internet

O jogador tinha contrato até o final do ano, mas a falta de chances e o fato de nem ao menos estar sendo relacionado pesou para que ele pedisse a própria saída e em uma conversa franca com a diretoria, onde jogador e clube entraram em um acordo, o jogador já não faz mais parte da equipe, e já se despediu de seus companheiros de equipe, voltando hoje para sua terra natal.

Apesar de só ter conseguido sair do clube agora, Victor já tinha sido informado pelo Grêmio desde do começo da temporada que não fazia parte dos planos do time, porém, em momento nenhum o time conseguiu negociar o jogador para adiantar a sua saída.

Caso de Victor reflete a carência de melhor  gerenciamento das peças no time

Ferraz é só mais um dos jogadores que o Grêmio afastou do elenco nesta temporada, o time teve problemas com outros jogadores, como o também lateral Diogo Barbosa, o atacante Everton, além do goleiro Paulo Victor.

O goleiro ainda conseguiu rescindir o seu contrato também, e hoje defende o Marítimo, mas os outros dois seguem na equipe e sem jogar. Isso levanta o questionamento: quão bem o Grêmio sabe administrar os jogadores que tem?

Goleiro Paulo Victor ex-Grêmio – foto: reprodução/internet

O time tem desesperadamente tentado achar opções dentro de campo para reverter a sua situação no campeonato, e Everton segue afastado, sem nem ter a chance de ajudar, e quando olhamos para as laterais, tudo parece ainda mais estranho.

Sabemos que as laterais têm sido uma questão nessa temporada, uma vez que Rafinha tem sido improvisado na esquerda, e quando isso não acontece, Cortez joga. Diogo Barbosa não recebe chances para evitar uma clausura que faria com que o Grêmio gastasse mais pelo jogador.

O que de certa forma é compreensível, mas ao mesmo tempo, usam Rafinha improvisado mesmo sem experiência nisso quando também poderiam dar chances para Victor Ferraz que também é conhecido por jogar nas duas laterais.

No fim, isso se torna apenas mais gastos para a folha salarial do clube, que paga para que jogadores fiquem encostados enquanto o time trava a sua maior luta dos últimos anos, tendo peças que não pode ou não quer usar.


Sem opção de comentar este post