NETFUT
Notícias de futebol

Vaza áudio polêmico de ex-coordenador físico do Internacional

Recentemente, uma grande bomba estourou nos bastidores do Internacional de Porto Alegre. Acontece que caíram na Internet áudios do Preparador Físico do elenco, Paulo Paixão de 70 anos, na qual o profissional comenta sobre a derrota do clube para o Flamengo, e posteriormente da uma opinião infame sobre alguns dos jogadores do clube.

Paixão comenta com um amigo no áudio que o banco de reservas do time é fraco, repleto de garotos, com exceção de Boschilia, que segundo ele não é mais garoto, porém é uma “enganação”.

Paixão ainda ataca alguns nomes veteranos do time, como Patrick, Dourado e Cuesta, alegando que eles são peças que precisam ser trocadas em negócio com outros clubes.

Veja a transcrição do áudio em que ele fala especificamente dos jogadores.

“Fala, meu cumpadi, desculpa aí estender um pouco mais. Ainda tem outra dificuldade. O Diego (Aguirre) olha para trás, para o banco, é só garoto. É o Boschilia enganador, que não é mais garoto ali, mas tudo garoto. Time vai ter que contratar.
Se quiser fazer alguma coisa para o ano que vem, vai ter que contratar. E trocar umas peças que já estão com muito tempo de clube, sabe. Fazer uma permuta. Patrick com não sei quem, Dourado com não sei quem, Cuesta… Entendeu? Tem que renovar, cumpadi. É muito tempo ali, enfim. É difícil.

Treinador olha para trás assim, aí o Renato olha para trás, caramba! Arrascaeta, não sei quem. Quer dizer, é esse entendimento, nós somos da bola há muito tempo. Mas é fundamental esse papo de roda, entendeu? Ele vai ajudando. Acima de tudo, a gente tem conversado com o presidente tudo isso.
Não dá para olhar para trás e “vou fazer o quê?”. Não pode ser assim, não, entendeu? Vamos ver. Valeu, meu cumpadi, desculpe aí. Mas é fundamental conversar com você, o senhor tem esse entendimento, é da bola, para dar essa espalhada na rapazeada. Beijo no coração, meu cumpadi! Ótimo domingo!”

As declarações acabaram gerando um grande problema interno, onde os jogadores citados, sobretudo Boschilia, ficaram muito irritados. O atacante chegou a soltar uma nota oficial comentando sobre o assunto, onde disse não ser enganação e nunca ter enganado ninguém por onde passou, afirmando que esse ano teve muitos problemas com lesões, o que atrapalhou sua temporada, mas que sempre se comprometeu ao máximo com o Internacional.

A repercussão de toda essa confusão terminou com Paulo Paixão pedindo demissão do clube, e também emitindo um anúncio oficial onde avisava sobre seu desligamento do clube e ao mesmo tempo, pedia desculpas a todos os envolvidos em seu áudio.

Paixão afirmou que nesses 47 anos de carreira, nada do tipo lhe havia acontecido antes, porém que um desabafo pessoal com seu amigo acabou vazando, e dessa forma, o preparador afirmou a diretoria do clube que já não havia mais clima para continuar como funcionário do time lidando com os jogadores, e dessa forma, ele está oficialmente desligado do Internacional.