NETFUT
Notícias de futebol

Tudo certo em Paris! Entenda a relação Mbappé, Messi e Neymar

NoBoa parte dos holofotes do velho continente estão diretamente ligados ao time de Paris. E não é para menos, se não fosse suficiente a chegada de Messi ao PSG, temos que lembrar que o time já tinha um elenco recheado de estrelas antes disso, e claro, que essa fusão entre todas elas acabaria gerando mídia.

Além disso, muita coisa cercou o time nesses últimos tempos. Como por exemplo o desentendimento de Messi com o treinador Pochettino durante uma substituição, que alguns afirmam já estar resolvido.

Outra questão, que ganhou destaque, é a vontade de Mbappé deixar a equipe. Seu desejo de sair para defender o Real Madrid já foi deixado claro mais de uma vez, mas desentendimentos com a diretoria acabaram fazendo com que o jogador permanecesse em Paris pelo menos mais uma temporada.

Uma explicação lúdica, seria um possível rompimento de um trio amoroso, no qual, Neymar é a mocinha

Isso levantou diversas questões e teorias. A mais clara é que o jogador quer mais protagonismo em campo, e com a chegada Messi, isso diminuiria. A decisão parece com a que Neymar tomou e que o levou até Paris em primeiro lugar.

No entanto, as teorias acabaram indo ainda mais longe, e alguns dizem que além do protagonismo o jogador também pode não se dar muito o bem com Messi, que curiosamente é um grande amigo de Neymar, que por sua vez, é um grande amigo de Mbappé.

Essa teoria evoluiu com o tempo, e algumas pessoas diziam que Mbappé e Messi realmente não estavam se dando bem e que isso estaria influenciando o começo do argentino no PSG.

E pelo jeito isso não passou mesmo de fofoca, já que além do fato de que o primeiro gol de Messi na equipe veio de uma assistência de Mbappé, o próprio jogador francês comentou o assunto, chegando a dizer que não via problema em correr por Messi se necessário.

Mbappé também chegou a comentar a reclamação que fez referente a falta de passes de Neymar que virou notícia, e amenizou o caso dizendo:

– Sim, eu disse isso. Agora, essas são coisas que acontecem o tempo todo no futebol. Simplesmente não precisa ser algo destacado. Por isso, logo depois conversei com ele sobre isso. Já trocamos muitas palavras assim no passado e vai continuar, porque queremos vencer, mas não deve haver um ressentimento.

Aparentemente a paz reina em Paris, e os torcedores esperam que isso se reverta em gols para o time.


Sem opção de comentar este post