NETFUT
Notícias de futebol

Treinador do Manchester United diz que gostaria de ter “dois Cavanis”, e afirma não deixar jogador sair do clube

No mundo do futebol não existe felicidade plena com mais de um clube. Às vezes um torcedor de um clube A ficar feliz e faz com que um torcedor do clube B fique triste. E isso ficou claro com as recentes palavras proferidas por Ralf Rangnick, treinador do Manchester United, que doeram no coração dos torcedores do Corinthians.

Isso porque o treinador foi a público dizer do quanto gosta do atacante Edinson Cavani, atacante uruguaio experiente que atualmente atua pelo United, atacante que o Corinthians gostaria de ter para este ano.

As palavras do treinador foram ditas durante a coletiva de imprensa da última partida realizada pelo United, na qual o clube acabou vencendo a partida com direito a mais um gol do Uruguaio, que agora é o artilheiro do clube junto de Cristiano Ronaldo.

O assunto Cavani ganhou força principalmente pelas especulações que o jogador pode deixar o United ainda nesta janela de janeiro. Os destinos? O Barcelona é um time que mostrou interesse, sendo assim pode ser o principal candidato, e também tem o Corinthians, que possibilitaria ao jogador de ficar mais perto de casa, algo que ele já mostrou interesse.

Apenas rumores da imprensa são capazes de adiantar conclusões precipitadas

O que deu força para esses boatos é a ideia de que o atacante acabaria perdendo espaço com a chegada de Ralf, pelo fato do treinador historicamente optar por jogadores mais jovens, e já com 34 anos, o jogador não é parte do perfil clássico do treinador.

edinson-cavani-durante-estreia-pelo-manchester-united-contra-o-chelsea-1603568338052_v2_1x1

Porém os únicos jogos onde o jogador não jogou, é quando estava machucado. E sempre que pode é colocado como titular com o jogador, inclusive marcando gols em todas suas últimas aparições em campo após se recuperar desta última lesão que teve.

Confira alguns trechos desta entrevista:

E como já dito, o treinador expressou publicamente em palavras o seu desejo que o uruguaio fique no time, afirmando que Cavani é um jogador extremamente importante para ele e para o time, dizendo também que gostaria de ter dois Cavanis na sua equipe.

-Ele sabe que com certeza não o deixarei ir. Para mim, ele é um jogador muito importante para o resto da temporada. Estamos em três competições, então vamos definitivamente precisar de Edi. Eu preferia ter outro Edi, além disso, mas para mim está claro que Edi tem que ficar.” – afirmou Ralf.

O treinador do Manchester United ainda afirmou que o atacante é um grande profissional, elogiando seu comprometimento, e dizendo que quer desesperadamente que o jogador fique.

– Seu profissionalismo e sua ética de trabalho são simplesmente incríveis. Eu disse a ele que queria desesperadamente que ele ficasse e ficasse até o final da temporada, e ele sabe disso. Ele também sabe o quanto eu o aprecio e o quanto o respeito.

Vale lembrar que o Corinthians contava com o fato de que o jogador ficaria frustrado por não jogar, o que o faria pedir para sair, no entanto, com o atleta de fato jogando, fazendo gol e ainda sendo elogiado dessa forma pelo treinador, fica difícil de acreditar que Cavani vá trocar a cidade de Manchester por São Paulo no momento.


Sem opção de comentar este post