NETFUT
Notícias de futebol

Toni Kroos afirma que PSG é o time mais forte que o Real Madrid poderia enfrentar nessa fase da Champions

Apesar de algumas polêmicas e confusões, a fase de mata-mata da Liga dos Campeões está definida, e já temos a garantia de jogos muito interessantes nesta fase. E sem dúvida alguma um dos jogos mais legais de se assistir será Real Madrid e PSG.

As duas equipes vão se encarar, e logo de cara várias histórias já se desenham entre as duas equipes, e o volante alemão Toni Kroos já afirmou que esse é o adversário mais difícil que o Real poderia pegar.

O volante analisou que esses são os tipos de jogos que o Real busca, jogos de qualidade.

– Nós temos um oponente muito interessante na próxima fase. Eu acho que o PSG é o adversário mais difícil dos cinco que poderíamos enfrentar. Estes são os jogos pelos quais jogamos. Nós buscamos estes jogos, com muita qualidade em campo. Vamos ver o que vai acontecer. No fim das contas, nós somos o Real Madrid. Estamos muito confiantes em avançar às quartas de final – Disse o volante em suas redes sociais.

É preciso lembrar que além do nível de futebol envolvido, que obviamente é altíssimo dos dois lados, existem muitas questões pessoais e até algumas mágoas envolvidas dos dois lados da moeda.

Quando as farpas superam as quatro linhas, a disputa aumenta ainda mais

Primeiro precisamos lembrar que as duas diretorias não se dão nada bem. A diretoria do Paris acusa a diretoria do Real Madrid de tentar agir de má fé para conseguir tirar Mbappé do time, chamando a diretoria merengue de “predatória”, o que para ser justo a diretoria do Real foi, mas que também é o que absolutamente todos os times dizem do próprio PSG.

Então é claro, nem é preciso dizer que o fato de Mbappé estar jogando contra a equipe da qual queria tanto fazer parte esse ano vai soar estranho de início. O francês disse publicamente que gostaria de ter ido para o Real, mas que foi forçado a ficar por conta da diretoria.

O jogador no entanto tem o estilo certo para lá assim que seu contrato acabar, o que deve acontecer no ano que vem, o que coloca muitos pensando: Como será que as coisas vão ser para o jogador e esses país? O seu lado profissional vai conseguir dominar totalmente os seus pensamentos, ou será que o jogador francês vai ficar um pouco balançado por ter que ir contra o clube que deseja jogar na próxima temporada?

Porque no futebol é assim mesmo!

E claro, temos que lembrar que também teremos o encontro de Sergio Ramos com seu ex-clube e provável atual time do coração ainda. Sergio Ramos chegou a afirmar em uma entrevista dada ha alguns anos, mas com o coração do que com a cabeça, de que ele nunca jogaria em um time que pudesse enfrentar o Real, e parece que essa vai ser uma promessa que ele não vai poder cumprir.

Mais chocante ainda para a torcida do Real, vai ser ver jogando ao lado de Messi, uma junção de forças que ninguém nunca pensou que poderia acontecer.