NETFUT
Notícias de futebol

Sem Renato Portaluppi, Flamengo vence a 36ª rodada do Brasileirão

Na noite de ontem, o Flamengo recebeu a equipe do Ceará em jogo válido pelo Brasileirão. Existiam duas coisas em jogo para os donos da casa: uma chance remota de ainda ser campeão, a qual eles mantiveram viva com sucesso, e o principal que era manter a moral de pé e a honra do time em dia. E esse último objetivo também foi cumprido com sucesso.

Confira o que de principal rolou na partida.

Xingamentos por Renato Gaúcho

O jogo já tinha emoção muito antes do juiz ter apitado para que tudo começasse. Quem esteve no estádio pode ouvir em alto e bom som a torcida do Flamengo em coro mandando Renato Gaúcho tomar naquilo que todos podem imaginar, mostrando muito ressentimento sobre a final da Libertadores.

Um dos grandes motivos do porque o treinador acabou sendo desligado do clube, é porque os dirigentes imaginaram que não teria mais clima com a torcida para continuar, e nisso aparentemente eles estavam certos, uma vez que a torcida pareceu muito irritada com Renato Gaúcho do que com Andreas Pereira por exemplo, que em nenhum momento foi hostilizado.

Flamengo melhor desde o começo

Quanto ao jogo, existia um medo de que a final da Libertadores fosse causar algumas sequelas na equipe, com um time nervoso ou mesmo fora de sintonia, ainda pensando na derrota.

No entanto, o que vimos em campo nem passou perto disso, com o time jogando melhor desde o começo e merecendo a vitória que teve. O time conseguiu balançar as redes primeiro com Gabigol que marcou pressão e foi premiado com uma oportunidade, e também em uma boa jogada coletiva que terminou em gol de Matheuzinho, lateral que também jogou um pouco na grande final,  no sábado.

Ceará bem que tentou, mas não deu

O Vozão em nenhum momento jogou a toalha. O time de Tiago Nunes brigou bravamente e algumas vezes de igual para igual até, com o time conseguindo chegar ao empate com Rick, mostrando boa visão de jogo do treinador que o tinha tirado do banco a pouco tempo.

Porém, o Flamengo parecia decidido a tentar se redimir com a sua torcida, e nem as boas mexidas de Tiago Nunes foram suficientes para levar esse ponto para casa, e o Flamengo eventualmente chegaria ao segundo gol, quebrando a série de jogos sem perder do Ceara.

Gritos por “mister”

E se antes da partida os gritos da torcida estavam hostilizando Renato Gaúcho, os gritos do final eram uma súplica. Gritos de “Mister” por todo o estádio pediam a volta de Jorge Jesus, técnico que a torcida nunca conseguiu superar a saída, e que de fato foi um dos, se não o, maior técnico da história do clube.

É sabido que o Flamengo quer sim um técnico estrangeiro, e também se sabe que o Mister não está totalmente feliz em seu clube atual, o Benfica, mas ainda parece improvável que a combinação dessas duas coisas termine em um novo casamento.