NETFUT
Notícias de futebol

São Paulo goleia Santos, Rogério respira no cargo e reforça crise no Peixe

Neste final de semana, o Santos recebeu em sua casa a equipe do São Paulo, em um clássico paulista válido pelo Campeonato Paulista de 2022.

E nesse jogo, caso Fábio Carille já não tivesse sido demitido no meio da semana passada, nós poderíamos dizer que esse era um duelo de cargo contra cargo, já que quem perdesse tinha grandes chances de ser demitido.

Leia: Dínamo de Kiev quer tirar Igor Gomes do São Paulo

Dessa forma, como Fábio Carille já havia caído, se o São Paulo perdesse teria uma grande chance de ter 3 dos 4 grandes de São Paulo sem técnico ao mesmo tempo, já que o Corinthians também está procurando um novo treinador depois de ter mandado Sylvinho embora.

No entanto, não foi isso que vimos em campo, e o que realmente aconteceu foi que o São Paulo conseguiu uma grande vitória, fez com que Rogério Ceni ganhasse uma grande sobrevida no clube, e afundou o Peixe ainda mais na crise.

Vencendo e convencendo

Não foi só a questão da vitória. O São Paulo já venceu outros jogos neste ano, mas nenhum transmitindo tanta confiança quanto foi nessa partida contra o Santos. Tudo o que podia dar certo para a equipe tricolor acabou dando certo.

Com por exemplo, o time vencer e um dos gols ter sido marcado por Éder, jogador que ficou perto de sair, mas que sente que tem um dever para com o tricolor, e assim Rogério Ceni insistiu nele, mesmo a contragosto de alguns torcedores, viu o jogador veterano render e mostrar para todos que ainda pode render mais.

O São Paulo foi melhor ofensivamente o jogo todo, apesar de duas situações de pênalti a favor do Santos não marcada, e no exato momento que o Santos tentou corrigir isso, foi quando tudo desandou de vez.

Mexida errada do interino

Diferente do que costuma acontecer, o Santos não parece que vai viver o conto de fadas onde o interino vai tão bem que o time fica tentado a efetivá-lo como técnico na equipe. Isso porque ontem o interino do Peixe, Marcelo Fernandes, tentou mexer no time para corrigir a falta de força no ataque, e acabou sacando Camacho do time, o que fez com que um buraco se criasse no meio do time, buraco esse que Rogério Ceni soube explorar, o que fez o time sacramentar o 3 a 1 em cima do Peixe.

Crise no Santos… De novo

E o jogo obviamente terminou sob muitos protestos santistas. Afinal, o time está oficialmente em crise novamente.

Diferente do Corinthians se virando bem sob os olhares de Fernando Lázaro, o que dá a paciência para a diretoria correr atrás de um treinador, o Santos mostrou que não tem esse tempo, e que a coisa pode ficar feia se o time não achar um bom substituto para Carille rapidamente.

Além disso, a torcida já contesta o trabalho da diretoria também, já que o time tem entrado em crises praticamente todo ano, e a paciência do torcedor já está no fim.