NETFUT
Notícias de futebol

Santos prefere esperar do que arriscar! Entenda porque Marinho ainda não retornou ao time

O atacante Marinho já vem fora de combate há algum tempo. O jogador perdeu partidas por conta de lesões, algumas até inusitadas, e por mais necessário que ele seja ao time de Fernando Diniz, Marinho ainda não possui data certa para voltar.

Leia: Mercado da Bola no Santos: Diego Tardelli é cogitado, Lucas Lima é descartado

Isso acontece porque o Santos está sendo precavido quanto a situação.

Todos ali dentro sabem que hoje o jogador é o principal nome do time, e não querem correr o risco de perder ele novamente por uma nova lesão por não terem deixado com que ele se recuperasse suficientemente de outra.

Após ficar um tempo fora por problemas musculares, o atacante teve um problema com um hematoma muscular na coxa, resultado de um suposto erro médico dentro do Departamento Médico do Santos.

A situação teria criado um clima ruim nos bastidores, com o treinador Fernando Diniz muito irritado por ter que seguir sem seu principal jogador, principalmente por um motivo que para muitos pode parecer amador.

Desde então o jogador segue fora, e vai continuar fora no jogo desta quinta-feira contra o Libertad lá no Paraguai em jogo válido pelas quartas de final da Sul-Americana.

A comissão técnica segue recomendando calma antes de colocar o jogador em campo novamente.

Ele segue se tratando todos os dias no CT Rei Pelé, e como o problema surgiu de uma recuperação em outro problema, o Santos não quer correr o risco de causar uma nova lesão e perder o camisa 11 por ainda mais tempo.

O torcedor e o treinador Fernando Diniz já devem estar com saudades do jogador, que entrou em campo pela última vez no dia 28 de julho em uma vitória no jogo de ida da Copa do Brasil, em um 4 a 0 contra o Juazeirense.

No jogo seguinte, contra a Chapecoense, o jogador ainda tinha condições de jogo, mas acabou ficando de fora por conta de uma suspensão. E foi ali que os problemas começaram para o jogador que teve que ficar de fora do jogo de volta da Copa do Brasil por conta de um problema no reto femoral, em sua coxa.

Tudo indicava que o jogador faria seu retorno no clássico contra o Corinthians em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, mas foi exatamente ali que os problemas de seu tratamento deram as caras, e o jogador teve o hematoma que fez com que ele não só perdesse aquele jogo como também perdesse todos os jogos que viriam a seguir até agora.

Sobre o assunto, o auxiliar técnico do Peixe Eduardo Zuma, disse que Marinho segue se tratando e que vem evoluindo em seu tratamento. Zuma não deu uma data para o retorno do jogador, e disse que vai voltar assim que estiver apto para jogar em alto nível, e não no sacrifício.

O tratamento pelo qual o camisa 11 vem passando tem o intuito de fazer com que o hematoma muscular de sua coxa suma, e após os erros que já aconteceram, o Departamento Médico tem tido muito cuidado com o jogador.