NETFUT
Notícias de futebol

Roger Machado ve semana decisiva para seu futuro no Fluminense

Tricolor encara o barcelona de Guayaquil na quinta

O Fluminense terá uma semana decisiva pela frente. O time tem um confronto difícil contra o time do Barcelona de Guayaquil válido pelo jogo de volta das quartas de final da Libertadores.

O confronto será um desafio a Roger Machado, já que a partida de ida terminou em 2 a 2 no Maracanã, e com o resultado, empates podem complicar a vida do tricolor por conta do critério de desempate da competição passar pelo gol marcado fora de casa.

Leia: Fluminense busca reforços dentro e fora do seu elenco

Embora o tricolor seja um ótimo visitante na competição, o sinal de alerta já vem ligado a um tempo graças a uma sequência de resultados ruins que o time vem tendo, e isso passa diretamente pela sequência de jogos ruins no Campeonato Brasileiro, e quem vem sendo afetado por isso é de longe o treinador Roger Machado.

O time já vinha a 3 jogos sem vencer no Brasileirão, e a derrota para o Internacional no Beira-Rio colocou ainda mais lenha na fogueira. Acontece que no jogo, tudo parecia caminhar para um empate até que com dois gols nos acréscimos o Flu deixou seus pontos escaparem.

O jogo, no entanto, não foi tão ruim, e não foi ele diretamente quem criou o mal estar atual do time. O jogo foi apenas uma última gota de água em um copo que se encheu com os últimos jogos. E não encheu apenas pelos resultados, mas também pelo desempenho do time.

Isso porque apesar de não estar na situação mais confortável do mundo na competição, onde no atual momento está a apenas 2 pontos da zona da degola, e nem na Libertadores como já citado, o time que tem um orçamento limitado conseguiu chegar às quartas de final da competição, além de também estar vivo nas quartas de final da Copa do Brasil.

Apesar de estar conseguindo se virar mesmo com os resultados, o torcedor não tem gostado nenhum pouco das atuações do time

Uma preocupação a longo prazo uma vez que em algum momento as performances ruins vão custar caro, e o maior medo é que isso aconteça justamente na Libertadores.

Alguns nomes importantes para o desempenho do time acabaram caindo de produção até o atual momento. Nomes como os de Fred e Nenê, dupla que vinha sendo fundamental para o time no primeiro semestre da temporada.

Os torcedores, no entanto, poupam os dois veteranos das críticas mais acaloradas e acabam colocando o técnico Roger Machado como alvo. Sabemos como o torcedor brasileiro pode ser passional, e após tantos tropeços os torcedores já falam sobre demissão.

O que manteve Roger firme no cargo até agora é o apoio do presidente do clube Mário Bittencourt e também do diretor de futebol Paulo Angioni, no entanto, mesmo a boa relação que o treinador tem com os dois não vai salvá-lo para sempre, e uma eliminação regada por mais uma atuação ruim pode ser suficiente para pôr um fim ao vínculo de Roger Machado com o Flu. A semana será cheia de emoções para o técnico.


Sem opção de comentar este post