NETFUT
Notícias de futebol

Reservas do Flamengo batem o ABC em noite sem sustos

O Flamengo se viu nessa noite de quinta feira na famosa parábola do gigante e do guerreiro, na qual se o gigante vencesse não estaria fazendo nada de especial mas se perdesse seria um vexame.

Esse era exatamente o cenário do jogo. O Flamengo por si só já é um gigante quando comparado ao ABC. O humilde time gaúcho disputa a série D do campeonato brasileiro, e sabendo da disparidade entre os dois times não entrou tão preocupado assim com o que poderia acontecer.

Flamengo foi com seus reservas

O Flamengo, que dispensa a apresentação de sua história, entrou com um time totalmente reserva, onde nem mesmo o técnico Renato Gaúcho estava presente na beira de campo. O time alternativo comandado pelo auxiliar Mauricio Souza tinha nomes grandes que faziam com que o time não tivesse tanta cara de alternativo assim. O meia Thiago Maia e o atacante Pedro seriam titulares em praticamente qualquer clube brasileiro, e portanto, o desafio do ABC não seria mais fácil pela escolha de Renato Gaúcho.

Mas nada disso acanhou os donos da casa, que sabendo que não tinham nada a perder tentaram colocar a parábola já citada em prática, e foram para cima do Flamengo. No começo, o time gaúcho até conseguiu mostrar serviço. Tocando bem a bola e usando velocidade no ataque, o ABC parecia que ia dar trabalho para a defesa rubro negra no jogo.

Porém o time não chegou nem perto de amedrontar o torcedor flamenguista com uma possível reação e logo cedo no jogo acabou por ser dominado pelo alternativo porém forte time do Flamengo.

Com um elenco tão forte, era de se esperar que alguns dos reversas que tiveram oportunidade ontem tentassem mostrar serviço. Foi o caso de Vitinho, o jogador que já alvo de muitas críticas, principalmente por parte da torcida do Flamengo, o jogador foi muito participativo, buscando jogo a todo momento e tentando jogadas para ajudar seus companheiros de equipe.

Mesmo criando bons lances e tendo bons chutes a gol, VItinho não conseguiu balançar as redes do goleiro Wellington, mas pavimentou o caminho para que João Gomes balançasse com uma ótima assistência.

Sem problemas para o Flamengo reserva

O gol foi aos 29 do segundo tempo, logo no final do jogo, mas antes disso não houveram grandes chances, a não ser a desperdiçada por Pedro após erro do goleiro Wellington na hora de repor o jogo.

Por sorte o placar final foi elástico o suficiente para que não houvessem polêmicas na arbitragem, que bem que tentou fazer com que a polêmica existisse. Isso porque o jogo teve decisões questionáveis, e um VAR que deu o que falar.

Acontece que o VAR da partida estava com defeito, o que causou uma anulação de um gol do time rubro negro marcado por Michael. O problema no sistema fez com que as linhas que mostram mais claramente alguns lances não fossem traçadas, e a decisão acabou sendo mantida dentro de campo também.

O time titular do Flamengo, bem como o técnico Renato Gaucho, puderam usar o meio de semana para treinar e se preparar para o duelo contra o Internacional pelo Brasileirão no fim de semana.