NETFUT
Notícias de futebol

Próximo presidente do Palmeiras já tem nome para treinar o elenco em 2022

Leila Pereira, única chapa que se colocou para disputar a eleição a presidente do Palmeiras, deverá tomar posse em novembro

A única candidata já tem quase todos os requisitos para tomar posse como presidente do Palmeiras. A eleição deverá ser dia 20 de novembro com apenas uma chapa, sem concorrentes a vitória da empresaria será inevitável. A futura presidente já tem ideias para implantar no Verdão, uma delas é o treinador do elenco de futebol.

Leila deve optar pela consistência

O atual técnico do Palmeiras, Abel Ferreira, por mais que tenha altos e baixos, conseguiu trazer uma Libertadores e uma Copa do Brasil e no momento está por disputar mais uma final de Libertadores, no entanto, uma parcela de torcedores e sócios não estão contentes com o desempenho do técnico, mas segundo o jornalista Paulo V. Coelho, ele revela que o futuro presidente do Verdão vai continuar com Abel Ferreira no cargo.

Segundo a fonte, Leila conversa bastante com membros do clube e a sugestão a ela, é que o atual trabalho de Abel Ferreira está no caminho certo, trazendo consistência e deixando o elenco competitivo isso comparando a situação atual de cada clube Brasileiro, que vivem grandes problemas com técnicos.

Escassez de treinadores de futebol

Com a escassez de treinadores e a cultura da torcida de pressionar por resultados, fica inviável trocar de técnico, com tamanha falta de profissionais que mostrem confiança ou tragam resultados para um time de futebol.

Vale lembrar o caso do Internacional, quando terminou a temporada 2020, eles trocaram um técnico que estava trazendo bons resultados por outro. No momento era Abel Braga, sendo trocado por Miguel Ángel Ramírez, este último não trouxe resultados e gerou crise no clube, tendo que trocar novamente de técnico.

O português pretende ficar

Abel Ferreira pretende ficar, ele tem desejo de voltar para a Europa, mas o objetivo dele é começar em projetos a longo prazo e como no Palmeiras ele já está entrosado, certamente deverá ficar até o final do seu contrato, em dezembro de 2022.

Dessa forma, a mudança de técnico vai depender apenas de 2 fatores, de uma possível queda brusca do técnico em resultados ou o desejo do treinador querer sair antes do fim de contrato.

Enquanto isso, o português treina o elenco para o próximo jogo do Verdão, contra o Santos, valendo 3 pontos pelo Brasileirão, um jogo clássico muito esperado


Sem opção de comentar este post