NETFUT
Notícias de futebol

Por que muitos times ficaram decepcionados com Athletico-PR ter vencido a Copa Sul-Americana e não o RB Bragantino?

Neste final de semana tivemos a grande final da Copa do Sulamericana disputada entre Athletico-PR e Bragantino, a qual o Furacão se sagrou campeão com gol de Nikão. Essa foi a segunda vez que o time conseguiu ficar com o título, se tornando o primeiro time brasileiro Bi Campeão da competição.

E claro, a torcida ficou feliz da vida com mais esse título, marcando o melhor momento do clube em sua história. No entanto, todos os outros times, sobretudo os de cima e de meio de tabela, com certeza não ficaram nenhum pouco satisfeitos, e sem dúvida alguma estavam torcendo para o Bragantino.

Claro, isso não é por conta de nenhum tipo de ódio coletivo ou conspiração contra o Athletico. A grande força motriz por conta de toda aquela torcida se resume a apenas uma coisa: a Libertadores.

Acontece que, como alguns já devem saber, a Sul-Americana é uma competição que dá vaga para a Libertadores. Sendo assim, o campeão tem uma vaga direta, sem a necessidade de buscá-lo através do campeonato nacional. Ou seja, o campeão pode ficar de fora do G6 e do G4.

Athletico-PR campeão da Sul-Americana 2021 – foto: divulgação Athletico-PR

Mas então o que é que acontece quando um time é campeão da Sul Americana e mesmo assim está no G4 ou no G6? E aí está o “pulo do gato”. Se um time já tem uma vaga e entra no G6 ou G4, ele dá a vaga que ganharia pelo Brasileiro para o primeiro time abaixo da zona de classificação.

Isso significa que, se um time campeão está em 4º lugar, ou seja, com uma vaga direta para a Libertadores, ele dá essa vaga para o primeiro time da zona de classificação para a pré-Libertadores, que por sua vez dá sua vaga para o primeiro time abaixo dessa zona de classificação.

Dito isso, o Furacão atualmente se encontra 13º, bem longe da zona da Liberta, enquanto que o Bragantino está em 6º. Isso significa que se o Massa Bruta tivesse sido campeão ele estaria dando sua vaga para o primeiro time de baixo dele, hoje, o Fluminense, mas que disputaria a vaga diretamente com Internacional, Ceará, América Mineiro e Cuiabá.

Lembrando que o Furacão também está na final da Copa do Brasil, e como já está na Libertadores, a vaga direta que a Copa do Brasil também dá, fica para seu oponente de final, o Atlético Mineiro, que por sua vez já tem uma vaga garantida por ser o líder do Brasileirão.

Por conta disso, abre-se mais uma vaga no Brasileirão, já que uma vaga fica para o Galo e a outra aumenta o G6 para G7, que ainda vai virar um G8 por conta da final da Libertadores entre Flamengo e Palmeiras, já que o campeão assegura a vaga na edição do próximo ano.

E caso o Bragantino tivesse vencido, seria um G9. Mas dessa forma, quem iria para a Libertadores?

Com o G8 terminado como temos hoje, iriam diretamente para a Libertadores Atlético Mineiro, Palmeiras, Flamengo, Corinthians, Fortaleza e Bragantino, com Fluminense e Internacional indo para a Pré-Libertadores.