NETFUT
Notícias de futebol

Paulo Sousa é polêmico sobre jogadores do Flamengo, mas e agora?

Sempre que um treinador dá declarações polêmicas, as pessoas esperam quais efeitos colaterais as palavras vão causar. E no caso de Paulo Sousa, as palavras não só foram fortes, mas foram direcionadas para um elenco de jogadores cascudos, influentes dentro do clube, e por isso muitos esperam que o clima entre jogadores e treinador exceda nos próximos dias, mas será mesmo?
Leia: Os 5 jogadores mais caros do flamengo na atualidade 
Para quem não viu, em entrevista coletiva, o treinador do Flamengo afirmou que sente que os jogadores do time estão um pouco acomodados com o time, graças a todas as conquistas do passado, e que seu trabalho ali dentro é fazer com que eles voltem a ter aquele desejo grande de vencer.

Isso soou polêmico, já que de esta forma ele criticou seus jogadores para a imprensa, e não diretamente para eles, e isso pode acabar irritando alguns jogadores. O que de certa forma é compreensível, já que o jogador que correu o campo todo vai ter que ouvir que ele não tem o suficiente, e isso pode ser frustrante.

Repercussão

O ex-jogador e agora comentarista Cicinho comentou o assunto falando exatamente sobre o sentimento que pode ficar em um jogador que ouve isso depois de ter se esforçado ao máximo.

– Isso é tido com trairagem. Eu estou dando a vida, correndo. Os caras perderam no pênalti. Os caras estão tentando derrubar o telão que ele pediu. Isso não é legal, treinador que vai na imprensa. Dá problema – disse Cicinho.

Mas apesar de polêmico, podemos dizer que Paulo Sousa está errado?

O treinador conhece a história do Flamengo, conhece Jorge Jesus, e sabe que em algum momento o Flamengo foi imbatível pela mão do mister, e mais do que isso, sabe que mesmo quando o time não foi brilhante nas mãos de Rogério Ceni, ainda assim conseguiu ser campeão brasileiro.

Então é como se o treinador não tivesse um ponto  para dizer que o time está acomodado, e que agora ele precisa reagir de outra forma.

A realidade

O Flamengo foi gigante quando ninguém mais era, mas cada dia que passa um novo gigante surge para fazer frente ao elenco do time Rubro Negro. O Atlético Mineiro mostrou que é um time para fazer frente, assim como o Palmeiras, que apesar de não ir bem dentro do Brasileirão, vai fazer frente ao Fla em todas as competições de mata-mata possíveis. Além deles, o Corinthians vem com um elenco muito forte, e até o Fluminense mostrou que pode fazer frente ao seu irmão, o Flamengo.

Dessa forma, fica claro que ter um grande elenco já não é mais suficiente, e se o Flamengo quiser continuar na sua posição de dominância no futebol brasileiro, Gabigol, contratações caras e técnicos portugueses não vão ser suficientes sozinhos para fazer isso acontecer, o time vai precisar de toda a fome de bola e de vitória que Paulo Sousa falou.

Mas no fim, tudo vai depender de como os jogadores vão absorver as palavras de Paulo Sousa.