NETFUT
Notícias de futebol

Paquetá, o parceiro perfeito para Neymar hoje, e os parceiros do passado?

Futebol é um esporte coletivo, e com certeza não existe maneira de se ganhar sozinho. E ao longo da história do esporte, podemos ver muitas duplas que deram o que falar. Bebeto e Romário na Copa do Mundo de 1994, Cristiano Ronaldo e Benzema naquele Real Madrid mágico de Zidane, entre muitos outros. Para a próxima Copa, todos os olhos estão em Neymar e Paquetá, dupla que tem feito muito sucesso com a amarelinha, mostrando uma ótima sintonia em campo, e enchendo o peito do torcedor de esperanças.

Neymar não é estranho em se dar bem com outras duplas, uma vez que o jogador explodiu para o nosso futebol fazendo uma dupla de muito sucesso com Paulo Henrique Ganso nas épocas de Santos, e quando cruzou o oceano fez um dos trios de ataque mais lembrados a história do futebol ao lado de Messi e Suárez, e atualmente, podemos dizer que ele em Mbappé também são uma dupla em fase de transição para um trio com Messi.

No entanto, precisamos lembrar que tiveram dois outros momentos onde a seleção brasileira iludiu o torcedor com a ideia de uma dupla dinâmica envolvendo Neymar, e é disso que vamos falar hoje, de outras duas duplas que Neymar teve com a seleção e que não acabou da forma que se esperava.

Neymar e Oscar – Copa de 2014

Quem mais se lembra de Oscar? Um jogador brasileiro que foi muito bem pelo Internacional e também pelo Chelsea da Inglaterra. Quando a Copa de 2014 as pessoas tinham ainda mais expectativas em cima de Oscar do que em cima de Neymar, e a verdade é que o jogador não correspondeu, com o seu grande momento daquela copa sendo o único gol que o jogador e o Brasil marcou contra a Alemanha naquele fatídico jogo.

Neymar e Coutinho – Copa de 2018

Novamente, a história era parecida. Antes da Copa começar as expectativas eram que Coutinho pudesse fazer uma Copa incrível e sair dela tão grande ou ainda maior do que Neymar. E nem foi o caso do jogador estar mal na copa, mas sem dúvida alguma ele esteve abaixo de muitas expectativas, que não foram nada baixas, já que o Brasil achava que Coutinho poderia ter sido o craque da Copa e ainda maior que Neymar.

Neymar e Paquetá – Copa de 2022

Chegamos a nossa dupla de hoje, e novamente a história parece estar se repetindo. Os dois tem muito entrosamento, são amigos, e toda comemoração de gols os dois comemoraram juntos, deixando claro que o jogador é o parceiro da vez de Neymar.

Assim como foi das últimas duas vezes, há quem diga que Paqueta pode até se sair melhor na Copa, principalmente pelo fato de que atualmente o jogador é um atleta em evolução, melhorando muito seu futebol desde que chegou ao Lyon.

O entrosamento hoje dos dois parece maior, e Neymar hoje é quase 4 anos mais experiente do que nessa Copa, e juntos ele e Paquetá são os jogadores mais decisivos da seleção no momento, então resta para  o torcedor torcer, porém não se iludir com mais uma dupla.