NETFUT
Notícias de futebol

Os piores jogadores da era Crefisa no Palmeiras

Recentemente fizemos uma matéria falando sobre quem foram as melhores contratações do Palmeiras na era Crefisa, as grandes estrelas que vieram ao time por contratos milionários, com a intenção de levar o time a “oto patamar” como Bruno Henrique diria.

No entanto, o que aconteceu é que ter dinheiro nem sempre é o mesmo que saber gastá-lo, e muitas vezes o Palmeiras de fato não soube, como vamos ver aqui hoje, porque vamos falar das piores contratações do Palmeiras durante a era Crefisa.

Egídio

Egídio foi uma aposta no Palmeiras, mas nem sempre pareceu assim. O jogador teve uma boa, porém curta fase de bonança lá dentro, conseguindo fazer gols e boas jogadas, algo que não duraria muito.

Com o tempo, a queda de rendimento veio, e com ela muitas bobeiras principalmente em se falando de defesa, e o jogador acabou se tornando alvo de piadas de rivais e, claro, ganhou a animosidade da torcida alviverde.

Arouca

Quando um jogador vem diretamente de uma polêmica é bom ligar os sinais de alerta. Arouca veio diretamente de um problema na justiça com o Santos, e por algum tempo até teve boas atuações com a camisa do Verdão, porém suas atuações foram piorando, e além do declínio técnico veio também o físico, uma vez que o jogador começou a ter muitas lesões.

O jogador acabou nunca conseguindo render no Verdão, e por conta das suas lesões acabou saindo do time. Hoje Arouca é jogador do Figueirense.

Carlos Eduardo

Carlos Eduardo poderia facilmente estar em uma lista de futuras promessas do futebol. Ele também é o símbolo de uma contratação mal feita, já que o jogador foi vendido ao Palmeiras ao mesmo tempo que Bruno Henrique foi vendido ao Flamengo, com o jogador do Palmeiras saindo bem mais caro.

A questão: por que um e não o outro perdurou muito quando ficou claro que o jogador não renderia pelo Verdão, enquanto que Bruno Henrique se tornou um dos jogadores mais importantes da história moderna do Flamengo?

Borja

Borja foi a contratação errada mais sem culpa que essa era Crefisa teve. Todo mundo com bom senso iria querer o artilheiro da Libertadores, e como o Palmeiras tinha o dinheiro e o desejo louco de conquistar a América mais uma vez, casou as duas coisas com uma contratação milionária.

O que tivemos foi um jogador muito irregular, com jogos terríveis e que no fim acabou emprestado para o Grêmio, não trazendo de volta sequer um centavo que lhe foi investido.

Lucas Lima

Um investimento milionário, que nunca pareceu a coisa mais inteligente a se fazer, no entanto, o Palmeiras tentou e deu um voto de confiança ao meia, que acabou não sendo aproveitado. 

Tudo o que o torcedor viu foram lampejos de um jogador que já foi muito talentoso um dia, mas que parece não ter tanta vontade quanto tem talento. E em questão de custo-benefício, Lucas lima pode ser de fato a maior falha de contratação, tendo recebido um salário milionário, e hoje está emprestado ao Fortaleza justamente na vontade, do Palmeiras, de abater um pouco da folha o jogador, que se pararmos para refletir, veremos que o futebol apresentado pelo jogador no time, é absurdo.