NETFUT
Notícias de futebol

Os melhores coadjuvantes do Brasileirão 2021

O futebol necessita de protagonistas. Isso é um fator que é lembrado sempre que um time carece de estrelas. É bem comum ouvirmos que tal time vai ao mercado em busca de protagonistas para o time.

Porém ninguém joga sozinho, e todo protagonista precisa necessariamente de bons coadjuvantes ao seu lado, jogadores que muitas vezes nem vão ter o reconhecimento merecido por seu trabalho de garantir que as coisas deem certo para o grande protagonista de um time.

Por isso, hoje vamos juntar aqui uma lista com os melhores coadjuvantes do Brasileirão 2021.

Ytalo

Vamos começar aqui falando de uma posição que no papel pode não combinar com coadjuvante. Isso porque Ytalo, jogador do Bragantino, é na verdade o centroavante, e essa quase sempre é a posição onde um protagonista joga.

No entanto, o futebol se desenha diferente às vezes, e em time que viu Arthur brilhar como brilhou ao longo do campeonato, é de esperar que o protagonismo fosse de Arthur. Com isso, o nome de Ytalo era muito menos falado, e mesmo sem a badalação que o companheiro de equipe tem, o jogador marcou 12 gols na competição, o mesmo número de gols que Gabigol marcou.

Keno

Keno jogou em um time recheado de grandes jogadores, o que faz com que tudo fique ainda mais coletivo e seja difícil apontar um jogador como principal coadjuvante, uma vez que Hulk pode ser considerado o grande protagonista.

Porém, foi exatamente pelo fato de estar cercado de jogadores talentosos, que faz Keno aparecer ainda mais como o grande coadjuvante da equipe. O jogador conseguiu sua vaga de titular entre gigantes, todo jogo ou fez um gol ou deu uma assistência, tendo um ano mágico e que pode até fugir aos olhos do torcedor que não se atenta.

Michael

Michael fez de longe a melhor temporada de sua carreira. O jogador marcou 14 gols no Brasileirão, mais do que Gabigol, Bruno Henrique e Arrascaeta, os grandes protagonistas do time.

Ao invés deles brilharem, todos sofrem com secas e lesões, e foi aí que o Robozinho puxou a responsabilidade para si, e se redimiu de não ter ido bem ano passado. Hoje Michael é praticamente um décimo segundo titular, entrando sempre que é necessário alguém na frente ou mesmo alguém pelo meio.

Danilo

Um dos grandes nomes do Palmeiras no ano, Danilo é o tipo de volante que muitas vezes faz um trabalho invisível, não sendo lembrado durante as transmissões, o que faz com que alguns torcedores não deem o valor que esse jogador merece.

Esse ano o jogador foi impecável, tomou a titularidade do ídolo Felipe Melo, e marcou seu nome na história do Verdão com essa Libertadores, sendo um dos melhores da final.

Edenilson

Quando um volante é o artilheiro do time? quando ele é um coadjuvante de luxo. Edenilson fez mais uma grande temporada, e até aqui o volante marcou 11 gols e deu 7 assistências, puxando para si toda a responsabilidade que originalmente deveria ser dos jogadores de ataque.


Sem opção de comentar este post