NETFUT
Notícias de futebol

O que o Grêmio tem feito de errado? Separamos os maiores erros do Grêmio

O Grêmio perdeu mais uma, agora para o Fortaleza. Essa derrota definitivamente não estava nos planos do tricolor, e agora o clube chegou aos 70% de chance de cair para a série B.

Mas é claro que não é apenas essa partida que decretou o rebaixamento do time, o Grêmio vem se afundando nesse buraco já a muito tempo, e hoje decidimos listar aqui quais foram os maiores causadores dos problemas atuais do time que o colocaram nessa situação.

Um começo de campeonato tenebroso

O começo de Brasileirão do Grêmio foi um dos piores de sua história. No começo o time ainda era treinado por Tiago Nunes, e acabou tendo uma sequência horrível, e depois da saída do treinador e da chegada de Felipão as coisas não mudaram muito, com o time também perdendo ou empatando muitos jogos.

Existe uma máxima do futebol que diz que os pontos que o time perde nos primeiros jogos no campeonato são os que definem se ele vai cair ou ser campeão, e com o imortal atualmente a 5 pontos de sair da zona do rebaixamento, podemos dizer que isso está sendo vivido na pele.

Contratações ruins

Apostar em restrições foi algo que todos os times grandes fizeram esse ano. Alguns se deram bem, como Palmeiras, Corinthians, Flamengo, Atlético Mineiro, e alguns se deram mal, como o São Paulo e o próprio Grêmio.

E esse caso podemos citar tanto Douglas Costa que veio para ser a grande estrela do time, e muitos diziam que poderia de fato ser o melhor jogador do nosso futebol, mas em 6 meses de clube tem 1 gol e nenhuma assistência, e podemos citar também Rafinha, que é improvisado na esquerda por ter perdido espaço na direita, e joga assim para não ficar no banco.

Negligência da diretoria

Renato Gaúcho sempre reclamou que a diretoria do Grêmio não o levava a sério como deveria, carecendo de reforços. A maioria sempre via como exagero as declarações do treinador, conhecido por reclamar bastante.

Porém com a sua saída, ficou claro que o elenco do Grêmio ficou sucateado. A saída de nomes como Arthur e Cebolinha nunca foram devidamente repostos, bem como a saída de Luan que já havia caído de rendimento enquanto ainda jogava pelo clube, e esperar que nomes como Cortez e Diego Souza salvem o time, bem como Borja que chegou esse ano, pode ser visto como negligência por parte da diretoria tricolor, que poderia ter visto esse problema vindo e feito algo a respeito.

Instabilidade emocional

Essa é uma das coisas mais difíceis de se combater quando o time está em situação de risco de queda. Todos sofrem com isso, e o Grêmio parece estar sucumbindo a esse mal. O time pode ser visto claramente nervoso e afobado quando em campo, e os nervos passam o campo, uma vez que após a derrota para o Fortaleza o vice de futebol do clube, Marcos Hermann pediu demissão.

Isso expõe a crise interna que o clube vive, crise que é mais política e emocional do que qualquer outra coisa, uma vez que o clube não vive uma crise financeira como o Santos por exemplo.


Sem opção de comentar este post