NETFUT
Notícias de futebol

O Corinthians completa 111 anos de idade nesta quarta, carregando luta, raça e perseverança em sua história

Hoje, quarta feira dia primeiro de setembro, o Esporte Clube Corinthians Paulista completa seu centésimo décimo primeiro aniversário. Um aniversário que vem em um momento de certa calmaria em um turbilhão de emoções negativas que o clube viveu e tem vivido já a alguns anos.

Isso faz pensar o quanto o time, ao longo de todos os seus anos tem a luta, a raça e a perseverança como pontos principais em sua história.

Isso vem desde seus fundadores, um grupo de operários, pobres, que precisavam lutar na vida com raça para viver e perseverança para sobreviver, que se inspiraram em um time inglês para criarem aquele que se tornaria um time de torcida em massa.

Um clube que teve sua história pautada não é um glamour romantizado de um futebol impecável, mas com camisas sujas, rasgadas e puídas. Um amor que foi construído com sangue, suor e lágrimas ao longo dos anos.

E talvez por isso o time tenha tantos torcedores e seja tão conectável, porque o Corinthians vive sua história como a maioria de nós, meros mortais vivemos a vida. Lutando, sofrendo. Nem sempre sendo o primeiro, mas lutando contra os primeiros como se fossem só mais um.

Claro, as dificuldades existem e existiram durante toda sua história. O jejum de títulos, a demora pelo primeiro Brasileirão, a demora pela primeira Libertadores, os problemas financeiros que existem hoje em abundância mas que também sempre existiu em algum nível.

Problemas dos quais, a dor enquanto existiram não se compara nenhum pouco a alegria de quando foram superados. A invasão corinthiana, o primeiro título Brasileiro, a Libertadores, e até o mundial, tudo isso fez parecer com que cada dificuldade estivesse exatamente onde deveria estar e quando deveria estar, para temperar ainda mais o sabor da vitória, que vem através da superação.

Hoje a realidade do clube não esta entre as melhores.

O Timão possui dívidas que chegam a casa do bilhão, e a sensação é de medo de alguns torcedores, principalmente quando eles olham para o lado e veem clubes outrora enormes, hoje com medo constante que tudo se acabe por irresponsabilidade de alguns dirigentes.

No momento em que esse texto é escrito, o time possui uma vela de esperança na escuridão, com novos reforços que podem ajudar a trazer os bons momentos do time de volta, o problema é que o fogo de uma vela pode iluminar mas também pode causar um incêndio, e se ela vai iluminar ou se vai queimar, só o tempo dirá.

Mas a verdade é que o que realmente queima, é o fogo imparável do torcedor, que viu o clube viver sem títulos, lutar pela democracia, passar pela série B e sempre voltar pronto para a próxima batalha. Tal qual as pessoas que caem só para depois se levantarem de novo.

E seja quais desafios o futuro tiver para o time, a única certeza que o torcedor fiel pode ter, é que eles lutarão e se levantarão novamente, não importa quão grande a queda possa ser.

Parabéns ao Corinthians pelos seus 111 anos.