NETFUT
Notícias de futebol

Netfut é Cultura! Veja Algumas curiosidades sobre a Libertadores da América.

A Copa Libertadores voltou a todo vapor para os jogos das quartas de final, e claro, além de falar dos jogos que vão e estão acontecendo, temos que falar um pouco sobre o torneio.

Hoje vamos encher os olhos e o cérebro de todo apaixonado por bola que ler essa matéria, apontando aqui algumas das curiosidades mais interessantes sobre a história da competição, na qual, o mundo está de olho agora.

Qual a origem do nome “Libertadores da América?”

Uma das coisas mais curiosas dessa competição é o seu nome, e com certeza todos em algum momento, já pararam para se perguntar porque a competição leva esse nome, e não “Liga dos Campeões da América do Sul” por exemplo.

Acontece que ao invés desse nome, na hora de criar a competição os envolvidos escolheram prestar uma homenagem a todos os grandes líderes das missões de Independência, de países que fossem aqui da América do Sul. Nessa lista podemos citar Simón Bolívar, José Artigas, Bernardo O’Higgins, José Joaquín de Olmedo, Manuel Belgrano e, claro, Dom Pedro I.

Campeões da competição como treinador e como jogador.

Renato Portaluppi, o nosso Renato Gaúcho vez ou outra dá uma declaração polêmica, ou raivosa, ou irônica. Fato é que Renato é um dos maiores personagens que nós temos em nosso futebol.

 

Renato Portallupi – Libertadores de 1983

Apesar disso, Renato está bem longe de ser simplesmente um personagem, e é um dos atletas mais bem sucedidos da América. Isso porque para quem não se lembra, o treinador conquistou o título da Libertadores tanto como jogador, quanto como treinador também.

Renato não é o único dessa lista, e existem até alguns que ganharam mais de uma libertadores como técnico e jogador, como por exemplo: Luis Cubilla ou mesmo Marcelo Galhardo. 

Treinador Marcelo Gallardo atualmente

O primeiro time brasileiro a conquistar a Libertadores

Santos Campeão da Libertadores 1962/1963

Com a Libertadores sendo uma competição antiga, isso é, de muita tradição. Isso significa que é claro que não seriam em tempos modernos que o primeiro Brasileiro ia ter vencido o jogo. Obviamente o primeiro time brasileiro a vencer uma Libertadores foi o grande Santos de Pelé, com uma vitória maiúscula em cima do Peñarol por 2 a 0, isso nos tempos do ouro no futebol, lá para 1962.

Além de Pelé, o time do Peixe também era composto por Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe.

A maldição do “Rei da América”

Existe uma piada que chamam de maldição, que diz que grandes atletas que se tornam Reis da América, durante seu papel na competição por seus clubes, acabam tendo uma senhora queda de rendimento nas próximas temporadas.

Em 2016, por exemplo, Borja foi o Rei da América e nunca conseguiu o estrelato no Palmeiras. O jogador rodou e acabou virando destaque de novo. Em 2017 foi a vez de Luan, que foi melhor da América com Renato no Grêmio, e depois disso, o jogador nunca mais seria o mesmo.

Por enquanto Gabigol se mantém longe dessa maldição, conseguindo vitórias e gols pela competição, sendo artilheiro dela atualmente.


Sem opção de comentar este post