NETFUT
Notícias de futebol

Mesmo com VAR polêmico, Flamengo atropela time do Olímpia e está com pé na semifinal

Rubro-negros abrem ampla vantagem sobre paraguaios

Com ou sem polêmica, a noite dessa quarta-feira 11/08 foi para Rubro-negro nenhum botar defeito.

Apesar das expectativas altas, a última partida do Flamengo levantou suspeitas do torcedor. Teria a lua de mel acabado? Teriam os jogos anteriores sido apenas uma ilusão?

Nada disso para os comandados de Renato Gaúcho. Embora o jogo tenha começado truncado, com chances para os dois lados e com uma expulsão contra que se reverteu em pênalti a favor, o rubro negro conseguiu abrir um placar elástico e confortável para o jogo de volta.

O Jogo

1º Tempo

Como era de se esperar, no começo do jogo os donos da casa vieram para cima. Sabem que apesar de ter mais vitórias, o Flamengo nunca levou muita vantagem quando não estava dentro do Rio de Janeiro quando a partida era contra eles. 

O Fla, no entanto, soube lidar com a situação, e segurou bem a onda paraguaia. A calma e resiliência do Flamengo foi recompensada com um gol logo aos 15 minutos da primeira etapa. Arrascaeta recebeu livre de Bruno Henrique para marcar após um ótimo passe de Gabigol.

Infelizmente, pouco depois Arrascaeta se chocou com Salazar. O jogador do time paraguaio levou a pior, e além do atendimento médico precisou ser retirado de campo de ambulância, e em seu lugar entrou Otalvaro. Por conta dessa situação, o jogo ficou paralisado durante 11 minutos.

A seguir, a polêmica tomaria conta do confronto. Em um lance pra lá de inusitado, o jogador Filipe Luís foi expulso após receber o segundo cartão amarelo. No entanto, após checar o VAR anulou a expulsão, mas isso porque o árbitro enxergou um pênalti que foi sofrido por Arrascaeta, na jogada que originou o contra-ataque do Olimpia que originou a expulsão do lateral flamenguista.

Nesse momento, a expulsão contra virou um pênalti a favor que foi convertido por Gabigol com frieza. Flamengo 2 a 0. A alegria e tranquilidade durou pouco, já que na sequência o jogador Torres diminuiu o placar para o Olimpia. 2 a 1.

 

2º Tempo

Já para o segundo tempo, o Flamengo aproveitou a moral do placar e veio com mais vontade para o campo. Tanto que o terceiro gol não demorou a sair, e logo Gabigol, sempre ele, encontrou o caminho das redes novamente ao aproveitar um chute torto de Bruno Henrique, um lance despretensioso que virou o terceiro gol flamenguista no jogo.

Nesse momento o Flamengo pisou no freio de leve e começou a pensar mais o jogo, tocando mais e administrando o placar a favor, ciente de que ainda existe um jogo de volta e não seria interessante sofrer gols.

Mas mesmo mais econômico, o time de Renato Gaúcho conseguiu criar muitas chances, mais do que os donos da casa inclusive, dando chances para Gabigol fazer o terceiro dele, Arrascaeta o segundo dele, e Everton Ribeiro o primeiro dele na partida.

No entanto, quem balançaria as redes para o Flamengo seria Vitinho, após sair do banco e receber passe de Gabigol. Vitória selada Olimpia 1 x 4 Flamengo.

E Agora?

O Mais Querido espera a próxima quarta- feira 18/08 a fim de confirmar a classificação às semifinais da competição, no Maracanã.