NETFUT
Notícias de futebol

Maiores vexames já vividos na história do Santos

Essa é uma história que os mais velhos adoram contar. Se você conhece algum torcedor do Santos ou do São Paulo que sejam mais velhos, você provavelmente já ouviu falar do fatídico 9 a 1 aplicado pelo tricolor no Peixe, no Campeonato Paulista de 1944.

Vale lembrar que o Santos ainda dava seus primeiros passos no futebol nessa época. O time havia conquistado apenas um campeonato paulista em sua história até então, e essa derrota no Sansão achou apenas para fazer com que o time ganhasse mais casca para os próximos anos. No entanto, 9 a 1 é uma goleada para ser lembrada para sempre.

Goleada na taça Brasil.

Para quem não se lembra, a Taça Brasil era o torneio nacional da época, como se fosse o nosso atual Brasileirão. Até 1966 o Santos já havia vencido a competição 5 vezes, e para isso tinha um time e tanto. 

Jogo de ida entre Cruzeiro e Santos – Taça Brasil, edição 1966 – foto: Super Esportes

Para se ter ideia, o elenco contava com Pepe, Zito, Gilmar, e ninguém mais que o Rei Pelé em pessoa. No entanto, essa parte da nossa lista vem para provar que nenhum time é imbatível, e nenhum jogador é indigno de sofrer uma goleada.

Isso porque o Cruzeiro de um jovem Tostão deu uma grande canseira no elenco já envelhecido do Santos, e conseguiram um placar de 6 a 2, isso sem contar os 3 a 0 do jogo seguinte. Um jogo que Pelé deve se lembrar em seus pesadelos.

A virada flamenguista

Precisamos lembrar a todos que o Campeonato Brasileiro pela maior parte de sua história teve finais em mata-mata, e por isso temos muitas histórias de confrontos icônicos e finais de Brasileirão.

Como por exemplo em 1983, logo após o Santos vencer a partida de ida por 2 a 1, a torcida estava confiante que Serginho Chulapa e seus companheiros iriam trazer mais uma taça nacional para a casa. O que ninguém contava é que o Flamengo de Zico aplicaria um 3 a 0 em um Maracanã lotado, virando o jogo e mudando a história da partida.

Goleada alviverde no Paulistão

Santos 0 x 6 Palmeiras, Campeonato paulista 1996 – foto: site do Palmeiras

É meus amigos, essa goleada aqui vai ajudar todos a entenderem o que pode acontecer se você focar muito ferrenhamente em apenas uma competição e negligenciar outra.

O ano era 1996, e o Santos estava apostando todas as suas fichas na taça Libertadores daquele ano, o que fez com que o time entrasse em campo no Paulistão contra o Palmeiras com um time reserva. O resultado? 6 a 0 no jogo, e o River Plate acabaria sendo o campeão da Libertadores daquele ano.

O fatídico 7 a 1

Nem todo brasileiro odeia um 7 a 1. Alguns corintianos gostam, mas os santistas odeiam em dobro. Essa é uma história recente do futebol e  a maioria já conhece. O Corinthians de Tevez e Nilmar, time forte que conquistou o Brasileirão de 2005, encontrou um Santos rachado, cheio de problemas internos, o que culminou na maior goleada recente dos clássicos brasileiros.


Sem opção de comentar este post