NETFUT
Notícias de futebol

Maiores camisas 10 do São Paulo em toda a historia

Recentemente fizemos uma seleta dos piores camisas 10 recentes da história do São Paulo, porém achamos que o tricolor paulista já vem sofrendo mais com o gosto amargo que Daniel Alves deixou.

Então para evitar mais sofrimento e dar algum conforto a torcida tricolor, agora vamos listar 5 dos melhores jogadores que já vestiram a camisa 10 do tricolor paulista.

Zizinho

Vamos começar a lista realmente do começo, do começo inclusive da história do São Paulo. Zizinho talvez tenha sido o primeiro grande camisa 10 do tricolor paulista, e embora não tenha ficado no clube tanto tempo, o jogador ficou muito famoso por sua passagem, que foi suficiente para que o jogador ganhasse um campeonato paulista, que como sempre lembramos que tinha outro peso na época, no ano de 1957.

Ao todo foram 27 gols marcados em 67 partidas disputadas ao longo de pouco mais de 1 ano. Zizinho ali começaria uma tradição que se estenderia pela história do time.

Pedro Rocha

Hora de falar de um uruguaio, um dos muitos que o São Paulo teve em sua história. Ter um grande uruguaio no elenco sempre é sinônimo de temporada de vitórias, já que o tricolor sempre teve os melhores.

Nesse caso, falamos de um uruguaio que vestiu muito bem a 10 do tricolor e defendeu o clube em 393 partidas, nas quais marcou 119 gols, conquistando dois Campeonatos Paulistas no processo, os de 1971 e o de 1975.

Hernanes

Aqui vamos falar especificamente da primeira passagem do profeta pelo tricolor, porque ela foi a, realmente, vitoriosa e que lançou o meia para o futebol mundial. Hernandes sempre foi muito carismático e sempre brincou muito sobre sua posição de ídolo no clube, entrando na piada do “profeta” e por conta de sua personalidade acabou se tornando um dos jogadores mais populares entre os jogadores.

Claro que também devemos citar o jogador e sua importância em 2 Campeonatos Brasileiros, o de 2007 e o de 2008, e talvez devêssemos citar que o jogador usou outras camisas além da 10 no time, mas isso não vem ao caso já que ele de fato usou a 10 nessa passagem.

Pita

Pita foi o 10 do time durante 4 temporadas, em um período no mínimo curioso do clube, onde existiam os “menudos do Morumbi”, e durante esse tempo o camisa 10 não se reprimiu e conquistou 2 Campeonatos Paulistas, o de 1985 e 1987, além também do Campeonato Brasileiro de 1986. Durante sua passagem ele marcou 46 gols em 249 jogos.

Raí

É claro, tínhamos que falar dele, aquele que é provavelmente o maior 10 da história do São Paulo. Pentacampeão Paulista pelo clube, campeão do Brasileirão de 1991, bi campeão da Libertadores, campeão do Mundial de Clubes de 1992, tendo disputado 395 partidas com a camisa tricolor, marcando 128 gols e sendo o 11º maior artilheiro da história do clube.

Não há nada que Raí não tenha conquistado com a camisa 10 do São Paulo, é sem dúvida, o maior número 10 de sua história.


Sem opção de comentar este post