NETFUT
Notícias de futebol

Luiz Adriano tem contrato oficialmente rescindido com o Palmeiras

Um dos casamentos entre jogador e clube mais controversos e bagunçados do nosso futebol chegou ao fim. Palmeiras e Luiz Adriano chegaram a um acordo, e o jogador já não é mais jogador do clube.

Existia muita especulação do que seria feito com o jogador, já que ele tinha contrato até o final do ano que vem, e muitas teorias foram criadas nesse meio tempo.

Alguns chegaram a acreditar que o contrato não seria rescindido, e que o Palmeiras tentaria negociar o jogador com algum time, de preferência através de uma venda, ainda que por pouco valor, com o intuito de tentar recuperar um pouco do que foi investido através dos salários do jogador, que acabou vendo sua passagem ficar mais pelo banco de reservas, sobretudo no ano passado.

Existia também a ideia de emprestar o jogador, porém, o maior problema de um empréstimo era seu salário. Para quem não se lembra, Luiz Adriano ganha 1,2 milhões de reais por mês no Palmeiras, um salário gigantesco que é possível que só Flamengo e Atlético Mineiro paguem algo parecido a algum de seus jogadores, e nenhum time o aceitaria.

É claro que o jogador poderia ainda reduzir seu salário no empréstimo, mas isso só geraria ainda mais burocracia para o negócio. Dessa forma a rescisão de contrato acabou sendo o caminho mais curto.

Todos os caminhos apontavam uma única coisa: o salário de Luiz Adriano

Por conta de seu salário e seu contrato até o fim do ano que vem, Luiz Adriano tinha mais de 20 milhões de reais para receber, no entanto, não se sabe quais foram os termos de sua rescisão, se o Palmeiras ainda deve algo ao jogador ou se o acordo foi feito totalmente de forma “amigável” com os dois lados abrindo mão de dinheiro.

O que se sabia é que a negociação pela saída do jogador não seria difícil, porque apesar da saída, o jogador tem uma boa relação tanto com o treinador Abel Ferreira quanto também com a diretoria atual do Palmeiras.

O grande problema do atacante sempre foi com a torcida do Palmeiras, com a qual não conseguiu se acertar nunca, e ainda teve episódios de muita polêmica e troca de farpas entre os dois lados, e se tem uma coisa que isso ensinou a quem acompanha o futebol é que em uma queda de braço com a torcida, o jogador nunca vai vencer.

A briga com a torcida do Palmeiras custou não só sua posição no time titular como algum tipo de punição, mas realmente poluiu seu futebol. Desde que as confusões começaram o jogador caiu bruscamente de produção.

O jogador inclusive acabou se tornando uma opção abaixo de Deyverson, que entrou na Libertadores e fez o gol do título, enquanto que o Luiz Adriano ficou no banco de reservas.

Agora com a sua rescisão feita o jogador já pode ir para outro clube, ao que tudo indica, ele já fechou com o Antalyaspor da Turquia, e já deve embarcar para acertar com a equipe.