NETFUT
Notícias de futebol

Jogadores que viraram vilões por terem falhado

Um dos motivos do porque amamos tanto esse esporte chamado futebol é que ele mesmo sem roteiro pode ser tão épico e emocionante quanto qualquer filme de Hollywood. Temos heróis que são imortalizados por gols, assistências, defesas e tudo o que pode tornar um jogador um super astro.

No entanto, assim como temos heróis, temos também vilões. É uma posição infame de se estar, uma vez que não são todos os vilões que conseguem se recuperar de suas falhas a ponto de voltar a ser adorados por outra torcida, e hoje vamos falar deles: os jogadores que se tornaram vilões.

Deivid

O atacante Flamenguista já brincou sobre o assunto, então parece que ele não leva isso tão fundo em seu coração, no entanto, é impossível pensar no atacante e não pensar no fatídico gol perdido embaixo da trave.

Até hoje é difícil entender exatamente como aquilo foi possível, mas também não é como se Deivid fosse o único jogador que perdeu um gol daquele jeito. Fato é que o jogador acabou ficando marcado negativamente para sempre por conta do lance.

Baggio

Como se esquecer dessa? Uma falha que deixou todo torcedor feliz mas que acabou marcando muito a carreira do pobre Baggio. O jogador era bom, disputou mais de uma Copa do Mundo, mas ficou marcado pelo pênalti errado contra a seleção da Itália, em jogo da final pela Copa do Mundo de 1994. O erro não impediu que o Brasil fosse o campeão da edição, mas fez com que Baggio fosse lembrado por isso apenas.

A torcida da seleção italiana também nunca escondeu que guardou mágoas com o erro do jogador.

Felipe Melo

Felipe Melo teve uma carreira boa na Europa e extremamente boa dentro do futebol brasileiro. Mas o que realmente marcou sua carreira foi seu erro na Copa de 2010.

O mais curioso é que o jogador vinha fazendo uma boa Copa, sendo bem elogiado por todos por conta de sua boa saída de bola e seus passes em profundidade, um recurso que não se vê sempre em um primeiro volante.

Ele chegou até a dar uma assistência para o primeiro gol do Brasil contra Holanda, no entanto, o jogador seria o grande vilão dessa partida. Ele se atrapalhou com Júlio Cesar e acabou fazendo um gol contra, e não muito depois foi expulso após um pisão muito violento em Robben.

Depois disso, a carreira de Felipe mudou, mas mesmo assim o jogador reencontrou o sucesso pelo Palmeiras. No entanto, a fama de jogador descontrolado e violento ficaram com ele até os dias de hoje.

Alexandre Pato

Tivemos que colocar a falha de Pato acima de uma falha na Copa do Mundo simplesmente pelo fato de que, segundo boatos, nem mesmo os jogadores companheiros de equipe tiveram paciência com a falha.

Resumo da ópera é que a torcida do Corinthians já não vinha muito paciente com o jogador, que não demonstrava a raça que o torcedor alvinegro está acostumado a ver.

Foi então que o Corinthians foi para uma disputa de pênaltis com o Grêmio durante a Copa do Brasil. No gol gremista tinha uma figura conhecida do Timão: Dida, talvez o melhor goleiro que a equipe já teve. Pato bateu tentando dar uma cavadinha, o qual Dida defendeu fácil, e depois daquilo sua vida se tornaria bem difícil, com torcedores hostis, diretoria furiosa e segundo boatos já comentados, companheiros de equipe irritados que precisaram ser segurados no vestiário para que a coisa não ficasse feia.